Missão da União Europeia vai avaliar envio de observadores eleitorais à Venezuela


A missão técnica da União Europeia (UE) que avaliará se será possível realizar a observação das próximas eleições locais e regionais da Venezuela em novembro já chegou ao país, informou nesta quinta-feira (8) o Ministério das Relações Exteriores do país sul-americano. 

“Chegou à Venezuela a missão da UE que fará reuniões com os poderes públicos e atores políticos para as próximas eleições, de 21 de novemrbo, nas quais os venezuelanos elegerão governadores, prefeitos e legisladores”, informou a pasta no Twitter. 

Segundo a informação divulgada anteriormente pelo Conselho Nacional Eleitoral (CNE) da Venezuela, a missão estará presente no país até 23 de julho. O órgão eleitoral também detalhou que a missão é formada por três funcionários e quatro especialistas em eleições. 

No dia 21 de junho, o alto representante da UE para a Política Exterior, Josep Borrell, anunciou o envio de uma missão técnica para avaliar a possibilidade de enviar outra de observação para as próximas eleições, após notar uma “possível abertura política” do país. 

“Há uma possível abertura política na Venezuela. Vou mandar uma missão técnica de avaliação para ajudar a considerar se há condições para enviar uma missão de observação para as eleições de novembro”, comentou Borrell em entrevista coletiva ao término de uma reunião do conselho de ministros das Relações Exteriores da UE, informa o UOL.

(Foto: prensa latina)

Leia mais

Leia também