Ministério Público lança canal exclusivo para denúncias de violência e crimes contra mulheres

Denúncias de violência e outros crimes cometidos contra mulheres no Espírito Santo podem, a partir desta quarta-feira (22), ser feitas por meio da Ouvidoria das Mulheres, canal exclusivo criado pelo Ministério Público do Estado (MPES).

A Ouvidoria das Mulheres é o canal especializado da Ouvidoria Nacional do Ministério Público (ONMP) para o recebimento e o encaminhamento de demandas relacionadas à violência contra a mulher.

De acordo com a procuradora-geral de Justiça, Luciana Andrade, por meio da denúncia será possível tomar as medidas necessárias para cada caso.

“A partir do recebimento da demanda vai ser acionada a promotoria do local do fato para, se for o caso, afastar um opressor, providenciar atendimento médico imediato dentro da complexidade que geralmente tem esses casos. Quanto mais elementos de prova, vídeos, fotografias mais condições teremos de tomar as providências”, explicou.

A ouvidoria faz parte das atividades do projeto Ouvidoria Nacional Itinerante, realizado pela ONMP no MPES, entre os dias 20 a 23 de setembro.

A população pode denunciar casos de irregularidades à Ouvidoria do MPES, inclusive de forma anônima, pelos canais:

  • Violência contra mulher: ouvidoriadasmulheres@mpes.mp.br
  • Telefone: 127
  • Denúncias gerais: ouvidoria@mpes.mp.br
  • Site da ouvidoria
  • Aplicativo “MPES Cidadão”
  • Promotorias de Justiça das cidades capixabas
  • Sede do MPES, em Vitória
    MPES lança canal exclusivo para denúncias de violência e crimes contra mulheres — Foto: Hugo Mendes/RPC

    MPES lança canal exclusivo para denúncias de violência e crimes contra mulheres — Foto: Hugo Mendes/RPC