Ministério fecha acordo com Vale para repasse de R$ 250 milhões a Minas Gerais

Ministério fecha acordo com Vale para repasse de R$ 250 milhões a Minas Gerais

R$ 150 milhões serão investidos em sete parques nacionais de Minas Gerais. Foto: MMA

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, assinou acordo com a mineradora Vale de R$ 250 milhões para Minas Gerais pelos danos causados após o rompimento de barragem em Brumadinho, em janeiro de 2019. O recurso será destinado a obras de infraestrutura em sete parques nacionais do estado e saneamento.

“Dentre os temas que nos determinou o presidente Bolsonaro foi de que a multa aplicada pelo Ibama à Vale, no limite máximo que a lei permitia, no montante de R$ 250 milhões, fosse destinada em proveito dos mineiros”, disse o ministro ao anunciar o acordo nesta segunda-feira (06), em Belo Horizonte. “São 250 milhões de reais para Minas Gerais investir, no prazo máximo de 3 anos. Isso significa que tem que começar já e com isso já ajuda na geração de emprego, não só a questão de ambiental, mas também a geração de emprego”.

Parques Nacionais

Do valor total que será pago pela mineradora, R$ 150 milhões serão investidos em sete parques nacionais de Minas Gerais. São eles: Serra da Canastra; Caparaó; Serra do Cipó; Serra da Gandarela; Cavernas do Peruaçu; Grande Sertão Veredas; e Sempre-Vivas.

O dinheiro será aplicado em ações de infraestrutura, como construção de trilhas e sinalizações; em incentivo ao ecoturismo, além de planos de manejo e de combate a incêndios. Na prática, esses parques serão preparados para melhor receber o turista e, assim, aumentar o fluxo de pessoas nos locais.

“Esse recurso vai arrumar os parques, deixá-los em condições de visitação, com toda a infraestrutura necessária, treinamento de pessoas, geração de empregos para todo o entorno de cada um deles”, afirmou Ricardo Salles.

Saneamento

Outros R$ 100 milhões serão repassados ao estado para executar projetos de saneamento e tratamento de lixo em municípios menos desenvolvidos. O dinheiro deverá ser aplicado em áreas verdes urbanas e no programa Lixão Zero, que visa a destinação ambientalmente correta do lixo.

Acordo

Pelo acordo firmado, a Vale tem um prazo de até três anos para aplicar os recursos a partir da data de aprovação do projeto. A cada seis meses, a empresa deverá apresentar relatórios com a prestação de contas, o andamento das obras e a execução financeira. Todas as ações serão acompanhadas por um grupo formado por representantes do Ministério do Meio Ambiente, Ibama e Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).

“Temos a escolha dos projetos feita de acordo com o interesse público, porém, com a agilidade do investimento inerente ao setor privado”, acrescentou o ministro.

Outros investimentos

O Ministério do Meio Ambiente também anunciou a liberação de U$ 3,2 milhões para o projeto Siderurgia Sustentável, com foco em pequenos e médios produtores, para apoiar projetos voltados à redução de gases de efeito estufa. Outros R$ 1,5 milhão, serão destinados ao combate da desertificação e degradação do solo.

Leia mais

Menor é apreendido com drogas e dinheiro no bairro Bonfim, em Nova Venécia

Um menor foi apreendido com drogas na tarde desta quarta-feira (09), em Nova Venécia. O fato ocorreu por volta das 15h, no bairro Bonfim. Segundo...

Comércio no ES continua fechado na próxima semana, determina Casagrande

O governador do Espírito Santo, Renato Casagrande (PSB),...

De Ferrari a Bentley, jogador mais rico do mundo deve herdar 2 mil carrões

Jefri Bolkiah, pai de Faiq, novo contratado do...

Leia também

Lançado programa Mineração e Desenvolvimento que vai estimular retomada do País

Palavras do Ministro de Estado de Minas e Energia, Almirante Bento Costa Lima Leite Albuquerque Junior. Foto: Carolina Antunes/PR O Governo Federal lançou, nesta segunda-feira...

Eleições 2020: A disputa nas terras do garimpo de minérios

A extração de minério pelo Brasil gera uma enorme quantia de recursos para a região de onde os diversos tipos de minerais são garimpados....

Ministério da Saúde libera recursos para 77 municípios

O Ministério da Saúde repassou R$ 21,3 milhões para 77 municípios reforçarem o enfrentamento à Covid-19 nas comunidades e favelas. Entre os objetivos do...

Conselhos de direitos dos idosos vão poder emitir declaração de funcionamento para instituições de longa permanência

Conselhos estaduais e municipais de direitos da pessoa idosa ou de assistência social vão poder emitir declaração de funcionamento das Instituições de Longa Permanência...