Ministério da Saúde lança campanha para Doação de Leite Materno

Ministério da Saúde lança campanha para Doação de Leite Materno

Leite materno reduz em 13% a mortalidade em crianças menores de 5 anos.
– Foto:
Ana Paula Grosner

Neste 19 de maio, Dia Mundial da Doação de Leite Materno, o Ministério da Saúde lançou campanha para incentivar a doação e não deixar cair os estoques dos bancos de leite em meio à pandemia do novo coronavírus. Com o tema “Doe Leite Materno. Nessa corrente pela vida, cada gota faz a diferença”, o objetivo é incentivar a doação durante todo o ano.

O Ministério da Saúde destacou que o leite materno permite que os bebês se desenvolvam com mais saúde e protege de doenças como diarreia e alergias. Reduz ainda em 13% a mortalidade em crianças menores de 5 anos e diminui o risco de desenvolver hipertensão, colesterol alto, diabetes e obesidade na vida adulta. 

Segundo a assessora técnica da Coordenação de Saúde da Criança e Aleitamento Materno do Ministério da Saúde, Amanda Moura, com a pandemia já se verifica uma queda de doações. Segundo o Ministério da Saúde, esse número caiu em 5%. 

Amanda Moura explicou que é possível continuar ajudando os bebês que precisam de forma segura para todos. “Tivemos uma queda principalmente em relação ao último mês. Por isso, é tão importante essa data para fazer uma mobilização”, disse.  

Se a mãe tiver alguma dúvida pode ligar para o banco de leite mais próximo ou para o número 136 do SUS.

Benefícios do leite materno 

A doação de leite é fundamental para os bebês prematuros e que nascem com baixo peso e não podem ser amamentados pela própria mãe. De acordo com o Ministério da Saúde, um litro de leite materno doado pode alimentar até 10 recém-nascidos por dia. Dependendo do peso do prematuro, 1 ml já é o suficiente para nutri-lo cada vez em que ele for alimentado.

“O leite materno realmente salva vidas. Temos por ano muitas crianças que nascem prematuras, cerca de 11% dos nascimentos, atinge mais de 300 mil crianças por ano. Infelizmente, o leite doado não atende a 100% dessas crianças que precisam”, disse a coordenação de Saúde da Criança e Aleitamento Materno do Ministério da Saúde, Amanda Moura. Ano passado, 60% dos bebês prematuros ou de baixo peso receberam doação de leite.

Quem pode doar

Toda mulher que amamenta é uma possível doadora. Basta ser saudável e não tomar nenhum medicamento que interfira na amamentação. Não há um volume mínimo para doação. 

A coordenadora Amanda Moura ressaltou que, se houver qualquer sintoma que indique suspeita de Covid-19, a mãe não deve fazer a doação. “Para a mulher ser doadora ela precisa estar saudável. Se ela tem algum sintoma de gripe, se está com alguma suspeita de estar infectada pelo vírus, ela não pode fazer a doação nesse momento”, explicou.

Ela explicou que, no entanto, é possível continuar amamentando o próprio filho. “É recomendável que ela mantenha a amamentação porque o leite materno traz vários benefícios e não transmite a Covid-19”, disse Amanda Moura.

Recomendações

Os cuidados de higiene adotados para colher o leite para doações devem ser seguidos em tempos de pandemia do novo coronavírus. São colocar máscara sobre o nariz e a boca, usar touca ou lenço para cobrir os cabelos, lavar as mãos e os braços até o cotovelo com bastante água e sabão, lavar as mamas com água e enxugar com uma toalha limpa.

Para buscar informações sobre o banco de leite mais próximo e tirar dúvidas a mulher pode ligar no Disque Saúde, no número 136. O Ministério da Saúde ainda tem disponível uma cartilha com orientações sobre amamentação e dicas sobre coleta e armazenamento de leite.  

Rede brasileira é referência mundial

O Brasil tem a maior e mais complexa Rede de Bancos de Leite Humano do mundo, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). O trabalho brasileiro é modelo para a cooperação internacional em mais de 20 países das Américas, Europa e África.

Todos os estados e o Distrito Federal possuem ao menos um banco de leite. Ao todo, segundo o ministério da Saúde, são 224 Bancos de Leite Humano e 217 postos de coleta.

Além de coletar, processar e distribuir leite humano a bebês prematuros e de baixo peso, os bancos de leite humano têm um trabalho de orientar e apoiar a amamentação.

Amamentação em tempos de coronavirus

A Sociedade Brasileira de Pediatria e o Ministério da Saúde divulgaram, em parceria, uma nota técnica com orientações sobre amamentação e o novo coronavírus. Segundo nota, o Ministério recomenda que a amamentação seja mantida em caso de infecção pelo vírus, desde que a mãe e esteja em condições clínicas adequadas para fazê-lo. A nota indicou que não há evidências científicas sobre a transmissão do coronavírus por meio da amamentação.

Mas destacou a necessidade de cuidados como lavar as mãos por pelo menos 20 segundos antes de tocar o bebê e usar máscara facial que cubra totalmente o nariz e a boca durante as mamadas. 

 Campanha – Doe leite materno.

Leia mais

Acordo de cooperação promoverá a agricultura familiar em destinos de turismo rural

Cooperação estimula a promoção do turismo rural e geração de renda para os pequenos agricultores. Foto: Valter Campanato / Agência Brasil Visitar um destino de...

O TEMPO E A TEMPERATURA: Centro Oeste do país tem tempo chuvoso em parte da região neste sábado (14)

Para este sábado (14), o clima na região Centro-Oeste do país deve permanecer instável persistindo os riscos para temporais e eventuais transtornos entre Mato...

Projeto de Enivaldo dá meio salário mínimo a catadores de recicláveis

A ajuda vai valer durante estado de calamidade,...

Leia também

Seis carros se envolvem em engavetamento na Dante Michelini, em Vitória

Apenas um dos motoristas teve pequenos ferimentos no rosto. Uma mulher grávida estava em um dos carros, mas não teve lesões. Por Any Cometti e...

Papai Noel dos Correios: a menos de um mês para o Natal, só metade das cartinhas foram adotadas no Espírito Santo; veja como fazer

O prazo final para entrega de presentes e adoção de cartas é até a próxima sexta-feira, dia 4 de dezembro. Campanha 'Papai Noel dos Correios'...

Jovem é detido pela PM com arma de fogo e munições em Nova Venécia

Na tarde desta sexta-feira (27/11/2020), em Nova Venécia, policiais militares do 2º Batalhão detiveram um jovem de 18 anos. Com ele foi apreendido um...

Mulher que foi presa por atropelar e matar o marido em Linhares é solta com liberdade provisória

Juiz ponderou que a acusada tem dois filhos menores de idade e um ainda precisa ser amamentado. Mesmo sem estar no presídio, ela está...