Ministério da Economia destaca importância do Banco do Nordeste na recuperação econômica

O secretário especial do Ministério da Economia, José Salim Mattar Júnior, exaltou a importância do Banco do Nordeste para o país “como executor de políticas setoriais, contribuindo para a recuperação da economia no cenário pós-pandemia.” A afirmação foi feita durante a 26ª edição do Fórum Banco do Nordeste de Desenvolvimento, realizado na última semana, em Fortaleza (CE). 

Durante o evento, Salim destacou como sinal de retomada da economia a taxa de juros básica em 2,25%. Outras evidências, segundo ele, são o índice Bovespa que chegou a 100 mil pontos, a maior oferta de crédito imobiliário e o retorno de contratações por parte do setor de construção civil, entre outros. 

O presidente do Banco do Nordeste, Romildo Carneiro Rolim, afirmou no evento que a instituição investiu nos nove estados da região e no norte de Minas Gerais e do Espírito Santo R$ 14 bilhões somente no período da pandemia. Desse total, R$ 8,5 bilhões destinaram-se a capital de giro de pequenas e médias empresas, a fim de manter a saúde financeira dos empreendimentos e garantir empregos, de acordo com Rolim.  

O presidente do Banco do Nordeste destacou, ainda, que a instituição aplicou, nos primeiros seis meses deste ano, quase R$ 18,5 bilhões, com ênfase no segmento de micro e pequenas empresas. 

Foto: divulgação

Leia mais

Leia também