Militares prestam apoio para campanhas de doação de alimentos

Militares prestam apoio a campanhas de doação de alimentos

Marinha, Exército e Aeronáutica estão unidas em 10 Comandos Conjuntos espalhados pelo Brasil.
– Foto:
Ministério da Defesa

As Forças Armadas seguem na missão de enfrentamento ao novo coronavírus (Covid-19) e de apoio à população brasileira nesse combate. Marinha, Exército e Aeronáutica estão unidas em 10 Comandos Conjuntos espalhados pelo Brasil. Até o momento, foram empregadas 60 embarcações, 800 viaturas, 26 aeronaves, além de 25 mil militares.

Uma das necessidades imediatas é dar assistência a pessoas de baixa renda, pois, em decorrência do isolamento social, não podem realizar suas atividades de trabalho. No intuito de contribuir com essa realidade, campanhas de doações de alimentos foram realizadas em Campinas (SP), sob a coordenação do Exército Brasileiro. Os militares executam a separação e a distribuição dos gêneros, recebidos pela Central de Distribuição de Alimentos (Ceasa) e fornecidos a entidades assistenciais.

Em São Luiz Gonzaga (RS), mais de 500 kg de alimentos foram arrecadados em campanha interna, promovida pelo 4° Regimento de Cavalaria Blindado. Esses mantimentos foram entregues à Secretaria de Ação Social do município, para atender famílias de baixa renda. Em Santa Maria (RS), mais de 4.500 quilos de gêneros alimentícios foram recebidos por doações para campanha da prefeitura e da Cruz Vermelha, com a participação do Centro de Instrução de Blindados.

Outras ações

Os militares da Força Aérea Brasileira (FAB) iniciaram a campanha “Por uma gota a mais” e doam sangue para aumentar o suprimento do banco do Hospital Universitário (HU). A atividade também aconteceu na Bahia onde homens do Comando Conjunto Bahia realizam uma ação permanente de doação de sangue para a Fundação de Hematologia e Hemoterapia da Bahia (Hemoba).

A Aeronáutica ampliou sua capacidade de pronta resposta. Isso quer dizer que a FAB enviou seus meios aéreos de diversas localidades para a Ala 1 – Base Aérea de Brasília, para, dessa forma, atenderem as demandas do Ministério da Defesa de forma mais célere. As aeronaves ficarão de sobreaviso para o transporte de material a ser empregado no enfrentamento ao coronavírus.

Em Corumbá (MS), foi realizada a repatriação de 745 brasileiros da Bolívia pelo Comando Conjunto Oeste. Os militares do Exército apoiaram órgãos de Saúde e de Segurança Pública e Fiscalização, na montagem da estrutura de recepção e no balizamento dos repatriados durante o processo de entrada no país. Em Campo Grande (MS), foi iniciada a fabricação de máscaras, toucas e aventais descartáveis para proteção dos integrantes das organizações militares.
A Marinha do Brasil permanece com ações de combate ao Covid-19 com a fiscalização de embarcações, mantendo sua capacidade operativa a fim de garantir a segurança da navegação, além da descontaminação das Organizações Militares e locais de grande circulação de pessoas.

 Para conhecer mais sobre as ações, acesse o hotsite da Operação Covid-19: https://operacaocovid19.defesa.gov.br/index.php

 

Leia mais

Contratos inspecionados já correspondem a 92% dos recursos gastos para o combate à Covid-19

As ações de controle realizadas por auditores do Estado nos processos de compras emergenciais para o...

No Espírito Santo, número de mortes por síndrome respiratória aguda grave cresceu 900% em um ano

O Espírito Santo registrou, desde o início de março, 74 mortes por síndrome respiratória aguda grave, 67 a mais do que o contabilizado no...

Polícia Federal deflagra operação contra fraudes no Auxílio Emergencial

Utilizando os dados das vítimas para se cadastrar nos aplicativos do Auxílio Emergencial, suspeito recebia os valores do benefício. Foto: Polícia Federal A Polícia Federal...

Espírito Santo recebe mais 90 respiradores comprados da Itália

Expectativa é que os esquipamentos reforcem a estrutura de atendimento hospitalar às vítimas de Covid-19 no estado. Até esta quarta-feira, já foram registradas 1.692...

Leia também