Milena Gottardi: 4 anos após assassinato de médica, família faz ato no local do crime

 

Quatro anos após o crime que tirou a vida da pediatra Milena Gottardi, familiares e amigos da médica se reuniram na noite desta terça-feira (14) para fazer um ato no estacionamento do Hospital Universitário Cassiano Antônio Moraes (HUCAM), local onde a médica foi baleada. A informação é de Ana Clara Morais, no G1 ES.

A cerimônia durou apenas alguns minutos. Amigos e familiares levaram flores e balões brancos e fizeram orações e um minuto de silêncio.

Em círculo e de mãos dadas, fizeram orações e Zilca, mãe de Milena, agradeceu o apoio da família e dos amigos.

Milena foi baleada quando saía do hospital onde trabalhava e morreu um dia depois, aos 38 anos.

No último dia 30, após oito dias de júri, o ex-marido, o ex-sogro e mais duas pessoas foram condenados pelo crime. O crime foi um dos casos mais emblemáticos de feminicídio na história do estado.

As investigações apontaram que o ex-marido de Milena, o então policial civil Hilário Frasson, foi o mandante do crime, junto com o pai dele. Segundo a denúncia do Ministério Público, Hilário não aceitava o fim do casamento com Milena. Em depoimento durante o julgamento, os dois negaram o crime.

De acordo com a acusação, pai e filho teriam contratado dois intermediários para encontrar um atirador. O atirador, que confessou o crime, teria encomendado ao cunhado o roubo de uma moto que foi usada no dia do assassinato. Os seis réus já estavam presos.

Hilário foi considerado o principal mandante do crime. Durante a leitura da sentença, o juiz apontou que o ex-sogro, Espiridião Frasson, encorajou e apoiou a decisão do filho de matar a médica.

O casal tinha duas filhas, na época do crime, uma tinha 9 anos e a outra, 1 ano e 10 meses. Em uma carta deixada por Milena e registrada em cartório, ela pedia que, caso lhe acontecesse algo, as filhas do casal ficassem sob os cuidados de Douglas Gottardi, irmão dela e tio das crianças.

Flores e balões brancos foram levados para o HUCAM, ES — Foto: Fernando Madeira/Rede Gazeta

Flores e balões brancos foram levados para o HUCAM, ES — Foto: Fernando Madeira/Rede Gazeta

Amigos e familiares da médica Milena Gottardi se reúnem no local do crime no ES — Foto: Fernando Madeira/Rede Gazeta

Amigos e familiares da médica Milena Gottardi se reúnem no local do crime no ES — Foto: Fernando Madeira/Rede Gazeta

Mãe da médica Milena Gottardi, Zilca — Foto: Fernando Madeira/Rede Gazeta

Mãe da médica Milena Gottardi, Zilca — Foto: Fernando Madeira/Rede Gazeta