Mídia chinesa relembra traços da biografia de Xi Jinping e destaca papel da mãe em sua formação


A Rádio Internacional da China publicou no dia 9 de maio em português, um artigo comentando o papel da mãe do presidente Xi Jinping na sua formação. 

“A senhora Qi Xin, em março de 1939, no início da Guerra de Resistência à Agressão Japonesa, quando era uma jovem de 15 anos se lançou na revolução e se juntou ao Partido Comunista da China”, diz a reportagem. 

“Ao fazer uma retrospectiva de sua vida, Qi Xin aponta dois períodos como sendo os mais importantes: seu tempo na base contra o Japão e em regiões fronteiriças na China. O primeiro período se refere aos dois anos que passou na base de apoio contra a agressão japonesa, em que foi disciplinada pelos fogos de guerra, cultivou o otimismo revolucionário e reforçou sua determinação na luta revolucionária. O outro período se trata dos oito anos que trabalhou na região fronteiriça nas províncias de Shaanxi, Gansu e Ningxia, onde conseguiu criar uma relação profunda com a população local”.

“Em 13 de janeiro de 1969, também na idade de 15 anos, Xi Jinping foi para a vila Liangjiahe, no norte da província de Shaanxi, onde passou 7 anos da sua juventude”. 

Num artigo, o líder chinês assim descreveu à altura: “ao chegar à terra amarela, senti-me confuso e indeciso. Mas, quando saí de lá aos 22 anos, tinha plena confiança e metas de vida.”

Xi Jinping cresceu sob a grande influência de sua mãe. Ela sempre escreveu para o filho, pedindo-o para que fosse severo na autodisciplina.

A honestidade é a linha vermelha de um político. Desde o 18º Congresso Nacional do Partido, o Comitê Central do Partido Comunista da China, que tem como núcleo o camarada Xi Jinping, levou a administração do Partido para um novo patamar, alcançando êxitos na luta contra a corrupção.

Xi Jinping ressaltou: “o nosso poder é atribuído pelo povo, e só pode ser usado para partilhar as preocupações do Partido, fazer contribuições para o Estado e buscar benefícios para o povo. Devemos exercer o poder corretamente, e usá-lo conforme a lei, com imparcialidade e honestidade.”

Xi Jinping e sua mãe

Xi Jinping e sua mãe (Foto: Rádio Internacional da China)

Leia mais

Leia também