MG: Plano estadual de diretrizes sobre retomada econômica sofre alterações

O governo de Minas Gerais alterou as regras do plano Minas Consciente, conjunto de diretrizes aos municípios do estado sobre a retomada segura das atividades econômicas durante a pandemia da Covid-19. O novo protocolo tem o objetivo de adequar as regras para o momento em que o estado vivenciar o pico de casos do novo coronavírus. 

O plano estadual divide os municípios mineiros em ondas de cores, cada uma representando os segmentos que podem funcionar. Com alterações, o protocolo passa a ter três ondas (vermelha, amarela e verde), ao invés de quatro. Além dessa mudança, o plano estabelece um protocolo unificado de higiene e distanciamento social. 

Sudeste e Nordeste concentram maior parte dos leitos de UTI para Covid-19 habilitados pelo MS

De acordo com o governo de Minas, também foram alterados os indicadores que baseiam a tomada de decisão de definição das ondas. A partir de agora,  também passam a ser considerados a taxa de incidência Covid-19, a ocupação de leitos UTI Adulto por covid-19, a quantidade de leitos por 100 mil habitantes, o número de resultados positivos do teste RT-PCR, entre outros quesitos. Um decisão judicial impôs que todas as mineiras obedeçam às regras do plano Minas Consciente. 
 

Foto: Gil Leonardi/Imprensa MG

Leia mais

Leia também