Mesmo sem horário de verão, usuários afirmam que celulares adiantaram hora

Compartilhe

Apesar de ter sido revogado por Jair Bolsonaro, o horário de verão – ou a falta dele – agitou as redes sociais na madrugada deste domingo (20). No Twitter, centenas de usuários relataram que os celulares adiantaram automaticamente em 1 hora e questionaram o horário certo.

O problema já era previsto. Na última sexta-feira, o Google havia publicado um anúncio oficial em seu blog recomendando que usuários de Android no Brasil alterassem as configurações automáticas de data e hora; saiba como fazer isso.

O SindiTelebrasil, que representa as operadoras de telefonia, informou que “as empresas realizaram testes na rede e não foram identificados problemas na alteração de horário”. “Vale ressaltar que há alterações que não ocorrem na rede das operadoras, e sim em aplicativos externos instalados nos aparelhos.”

Na sexta-feira, a entidade havia informado que as operadoras “desprogramaram a alteração do horário de verão em suas plataformas, de acordo com o novo decreto presidencial”.

Saiba corrigir

Nos aparelhos Android

  1. Toque no ícone “Configurar”;
  2. Toque na opção “Data e hora”;
  3. Desmarque a opção “Data e hora automáticas”
  4. Configure manualmente a hora correta

No iPhone

  1. Acesse a tela principal e toque na opção “Ajustes”
  2. Toque na opção “Geral”
  3. Toque na opção “Data e Hora”
  4. Desabilite a opção de configuração do relógio “Automaticamente”
  5. Configure manualmente o horário correto

    Em 2018, já houve relatos sobre smartphones que entraram no horário de verão, no caso, antes da data oficial de início. Isso porque, no ano passado, a mudança foi adiada de outubro para novembro.

    Por isso, na última sexta, o Google também alertou que o problema pode acontecer no próximo dia 3, quando começou o horário de verão em 2018. Para evitar, basta desabilitar a configuração automática.

    O objetivo por trás da origem do horário de verão é aproveitar os dias mais longos para obter um melhor aproveitamento da iluminação natural, poupando recursos da matriz energética e reduzindo os riscos de apagões, principalmente no horário entre 18h e 21h, quando as lâmpadas dos espaços públicos são ligadas, boa parte da população chega em casa e parte do comércio, escritórios e indústria continua ativa.

    Mas, nos últimos anos, mudou o padrão de consumo do país. Lâmpadas incandescentes foram substituídas por lâmpadas mais eficientes, e o horário de pico de energia se deslocou do início da noite para o meio da tarde, por volta das 15h, devido ao aumento expressivo do uso de ar-condicionado.

    Estudo do Ministério de Minas e Energia divulgado no ano passado já apontava para a perda de efetividade do horário de verão. Segundo a nota técnica, a adoção de outros instrumentos regulatórios, como a tarifa branca e preço por horário, pode produzir resultados mais relevantes para o setor elétrico.

    De acordo com o porta-voz da Presidência da República, Otávio Rêgo Barros, o governo fez uma pesquisa que mostrou que 53% dos entrevistados pediram o fim do horário de verão. Não foram divulgados, entretanto, detalhes da pesquisa.

    Horário de verão

    No Brasil, o horário de verão foi instituído pela primeira vez no verão de 1931/1932, pelo então presidente Getúlio Vargas. Sua versão de estreia durou quase seis meses, vigorando de 3 de outubro de 1931 a 31 de março de 1932.

    No verão seguinte, a medida foi novamente adotada, mas, depois, começou a ser em períodos não consecutivos. Primeiro, entre 1949 e 1953, depois, de 1963 a 1968, voltando em 1985 até abril de 2019, quando foi revogado por decreto.

    O período de vigência do horário de verão era variável, mas, em média, durava 120 dias.

    Fonte..globo.com

Leia também

Mutirão de limpeza fno final de semana em vários locais da cidade

O final de semana foi de muito trabalho com os servidores da secretaria de Limpeza e Serviços da...

INDICADORES: Preço do boi gordo tem alta nesta segunda-feira (8)

A cotação da arroba do boi gordo começou a segunda-feira (8) com alta de 4,39% e o produto...

Centro de Vila Pavão começa a receber pavimentação asfáltica

  Mais uma importante obra começa a ser executada em Vila Pavão, a pavimentação asfáltica do trecho da Rodovia...

Lote 8: fotos do show de Michel Teló no 1º Leilão Solidário de Barra de São Francisco

Aconteceu neste sábado, 6 de agosto de 2022, o 1º Leilão Soldiário de Barra de São Francisco. O...

Neste sábado tem lançamento da biografia do Padre Luiz Carlos Meneguetti

Acontece neste sábado, 13 de agosto de 2022, o lançamento da biografia do Padre Luiz Carlos Meneghetti. O evento...

Campos dos Goytacazes poderá captar mais R$ 153 milhões para investir em saneamento básico

A cidade de Campos dos Goytacazes, no Rio de Janeiro, foi autorizada a usar debêntures incentivadas para a...

Nova Venécia recebe novos equipamentos e retroescavadeira

  A Prefeitura de Nova Venécia, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura, participou da Semana da Agricultura Familiar...

Partido Progressista confirma candidatura de Walter De Prá a deputado estadual

  O ex-prefeito de Nova Venécia por três mandatos e ex-deputado estadual por duas vezes e deputado federal, Walter...