Mepes inicia formação para jovens e agentes

Com o apoio da Secretaria da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag), o Movimento de Educação Promocional do Espírito Santo (Mepes) deu início à formação de jovens e agentes envolvidos no processo educativo das Escolas Família Agrícola (EFA’s). O objetivo é compreender qual é o papel da área técnica na formação integral e no desenvolvimento do meio rural.

O primeiro encontro de monitores da área técnica foi realizado nos dias 05 e 06 de novembro, no Centro de Formação e Reflexão do Mepes, em Piúma, obedecendo a todos os protocolos de saúde, como o distanciamento mínimo, uso de máscara e álcool em gel.

O apoio da Seag a essa ação se deu no aporte de R$ 100.000,00, por meio de Termo de Fomento celebrado entre as duas instituições no início de maio deste ano. “A expectativa era de que o início das atividades já tivesse ocorrido, porém o novo cenário imposto pela pandemia do novo Coronavírus fez com que algumas atividades tivessem que ser replanejadas”, explicou o superintendente-geral do Mepes, Idalgizo Monequi.

“Iniciar a formação dos jovens e agentes marca a materialização do importante Termo de Fomento, celebrado entre a Seag e o Mepes, no escopo do Programa Jovens no Campo e na Pesca. Com esse início, alcançar os demais objetivos se torna ainda mais motivador”, afirmou o coordenador do Programa Jovens no Campo e na Pesca da Seag, Vinícius Costa.

Entre as ações previstas estão a realização de atividades educativas em formação inicial, continuada e nas áreas de conhecimento ligadas às técnicas em agropecuárias, linguagem e ciências da natureza; realização de atividades educativas em gestão administrativa e associativa; realização de dois seminários de agroecologia e desenvolvimento sustentável e a realização de um encontro de integração dos estudantes das EFA”s.

A expectativa é de formar 700 pessoas, entre agentes, técnicos e jovens estudantes em uma carga horária total de 480h/aula.

Leia mais

Leia também