Menos de 60% dos alagoanos estão com o esquema vacinal completo

Compartilhe

Os moradores de Alagoas que ainda não tomaram a segunda dose da vacina contra a Covid-19 devem tomar o quanto antes. Levantamento da secretaria de saúde estadual mostrou que 87% dos pacientes internados em leitos de UTI não estão com o esquema vacinal completo. Até o dia 10 de fevereiro, 58,04% da população de Alagoas estava com as duas doses da vacina ou a dose única.

Frente ao avanço da variante Omicron do coronavírus, o Ministro da Saúde Marcelo Queiroga reitera que a vacinação é um meio de amenizar casos graves sem a necessidade de hospitalizações. “O Brasil tem ainda alguns estados em que a vacinação não chegou aos níveis desejados.” Em vista disso, o Ministério da Saúde recomenda que a população fique atenta aos prazos da vacina e busque os postos para receber os imunizantes. 

O reforço é destinado para quem tem mais de 18 anos e já tomou a segunda dose há mais de quatro meses. Cerca de 540 mil doses de reforço foram aplicadas em Alagoas. O morador de Maceió Augusto Nogueira tem 30 anos. Ele é coordenador de eventos e defende a importância da vacinação. “Tomei todas as doses. A vacina é importante tanto para a minha saúde, quanto para a saúde de toda a minha família, como também a do próximo, uma coisa que todo mundo deveria fazer.”

Baixa adesão

Entre os municípios alagoanos com menor adesão à vacina estão Novo Lino, Junqueiro, Joaquim Gomes, Colônia Leopoldina, Campo Alegre e Campo Grande. Em nenhum desses locais, o índice de vacinados chegou a 40%. Para assegurar maior proteção contra a circulação de vírus, é necessário se atingir patamares superiores a 70% da população imunizada.

“Hoje, nós já sabemos que a Covid não é bem assim. As coberturas vacinais, elas tem que estar acima de 90% quiçá 95%”, alerta a médica Rosana Leite de Melo, secretária extraordinária do enfrentamento à Covid do Ministério da Saúde. 

O Ministério da saúde tem enviado lotes de imunizantes para todos os estados. Há doses suficientes para todos. Atualmente, pessoas acima de 18 anos podem tomar doses dos imunizantes da Pfizer, CoronaVac, AstraZeneca e Jansen (que é dose única). A segunda dose tem intervalos diferentes entre os fabricantes. É importante verificar o seu cartão de vacina e não atrasar a dose. 

Quem tomou a segunda dose há mais de quatro meses, deve procurar os postos para a aplicação da dose de reforço. A estratégia ajuda a manter os anticorpos em níveis suficientes para combater a Covid-19.

Covid-19: mais de 320 mil pessoas já tomaram a dose de reforço em Alagoas<\/a>

Crianças e Jovens

Atualmente crianças entre 5 e 11 anos já podem tomar a primeira dose da vacina. Para elas, é administrada uma dosagem diferenciada da Pfizer. Quem tem entre 6 e 11 anos também pode tomar a CoronaVac. O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, afirmou que até o dia 15 de fevereiro haverá doses suficientes para toda a população infantil do Brasil.  

Foto: Tony Winston/Ministério da SaúdeFoto: Tony Winston/Ministério da Saúde

Leia também

MORTALIDADE INFANTIL: DF tem menor taxa no País; mas problema persiste

O Distrito Federal registrou 8,5 mortes de crianças por mil nascidos vivos em 2019. Apesar de ser a...

Seleção Feminina de Futsal de Barra de São Francisco joga a semifinal dos JEES nesta sexta, 24

Após vitória sobre Atílio Vivacqua por 2 x 1, a Seleção de Futsal Feminina Juvenil de Barra de...

Ruas do bairro Cruzeiro sendo preparadas para receberem pavimentação

Máquinas da secretaria de Transportes e Estradas da prefeitura de Barra de São Francisco, juntamente com servidores da...

Mulher morre após carro capotar em Presidente Kennedy, no Sul do ES

Uma mulher identificada como Angélica da Silva Bahiense morreu após o carro em que ela estava capotar e...

Curral Intermunicipal de Leilões no Polo Industrial está em fase de conclusão

O prefeito de Barra de São Francisco, Enivaldo dos Anjos anunciou, logo no início do seu mandato a...

Mulher usa fralda da filha bebê para esconder drogas e acaba presa

  Uma mulher foi presa em flagrante ao esconder drogas na fralda da filha, com dias de nascida.  A...