Menino que fabrica máscara de papelão realiza sonho de passear em trenzinho

Caracterizado de Ben 10, Sidney realizou o sonho de passear de trenzinho e usar a fantasia do personagem

Sidney Caetano de Almeida confecciona personagens em casa, tudo de forma artesanal. O que ele não esperava, era poder se divertir na carreta e fantasiado de Ben 10

O morador do bairro Aeroporto, Sidney Caetano de Almeida, 11 anos, realizou o sonho de andar caracterizado em um “trenzinho”. Quando o proprietário da “Carreta Adrenalina” soube que o menino confecciona máscaras de personagens em casa, não teve dúvida, e convidou o garoto e toda a família, para passear no carro, e o melhor, vestido com um personagem, o Bem 10. “Gostei muito. Quando vesti a roupado do personagem foi uma emoção. Depois veio a felicidade de andar no trenzinho e ainda, dançar com os outros personagens. Foi o dia mais feliz da minha vida, nunca vou esquecer”, diz o menino.

De acordo com a prima do garoto, a Sabrina de Almeida dos Santos, há cerca de cinco meses, Sidney fabrica as máscaras em casa, usando papelão e tinta. Além disso, ela conta que o estudante também ensaia em casa as danças dos personagens do trenzinho. “Gravei vídeos dele dançando e postei nas redes sociais. Entrei em contato com o Instagram da Carreta Adrenalina e através do proprietário, o Douglas Calimam, conseguimos realizar esse sonho dele. Essa foi a segunda vez que ele andou no trenzinho, antes foi em um passeio promovido pela escola”, conta Sabrina.

» Sidney e a família foram presenteados com o passeio na “Carreta Adrenalina”

Filho de Sidinei Lima de Almeida e da Tânia Caetano Carneiro de Almeida, irmão do Thaylon Caetano de Almeida e Safira Oliose de Almeida, Sidney, que é estudante da EMEF Stanislaw Zucoloto, contou com a presença da família, que também foi convidada para o passeio, que aconteceu no último dia 03. “Fizemos uma surpresa. Eu disse que tinha ganhado ingresso e que iria ao levar ao parque de diversões e aproveitar para conversar com o dono do trenzinho, para ver se ele poderia andar, mas já estava tudo programado, foi muita felicidade o momento”, finaliza a prima.

» Sidney Caetano de Almeida utiliza papelão e tinta para fabricar as máscaras dos personagens

Fonte: Cintia Zaché / redenoticiaes


Leia mais

Leia também