Menino de 4 anos desaparece em Pancas, interior do Espírito Santo

Compartilhe

 

Um menino de quatro anos está desaparecido desde a tarde desta segunda-feira (20), em Pancas, no Noroeste do Espírito Santo.

De acordo com a Defesa Civil, Adrian Ezequiel estava junto com os pais na casa dos tios quando desapareceu.

“Ele estava assistindo desenho no celular, o celular descarregou. O celular desligou e ele saiu”, disse Leidiana Gabret, madrinha do menino.

Quando sentiram falta da criança, os familiares acionaram a Defesa Civil e a Polícia Militar. Buscas foram feitas na mata da região, mas a principal suspeita é de que Adrian tenha caído em um rio.

Por isso, os esforços têm se concentrado em buscas pelo Rio Panquinhas. Por causa das chuvas, o nível do rio está três metros acima do normal.

Enquanto Adrian não é localizado, a angústia de familiares e dos moradores da cidade aumenta.

“Está sendo difícil demais da conta, está sendo angustiante, desesperador. Estamos pedindo por orações”, disse a madrinha de Adrian.

Adrian Ezequiel, de quatro anos, despareceu em Pancas

Adrian Ezequiel, de quatro anos, despareceu em Pancas

Leia também

Piso da enfermagem, brasileiro já pagou mais de R$ 1 tri em impostos e eliminação da malária até 2035

No episódio desta semana, o podcast Giro Brasil 61 comenta o piso salarial da enfermagem, que foi aprovado...

Novo marco do setor elétrico pode reduzir impacto tarifário em 2022

O Projeto de Lei 414/2021, que institui o novo marco legal do setor elétrico, pode reduzir o valor...

Acidente deixa um morto e um ferido em rodovia que liga Vila Pavão a Nova Venécia

Um homem morreu e outro ficou ferido após um grave acidente na noite deste sábado, 14, na BR...

SEDH lança editais para implantação de quatro Centros de Referência de Atendimento às Mulheres em Situação de Violência

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Direitos Humanos (SEDH), lançou, nesta quinta-feira (12), os editais para a...

Brasil precisa qualificar 9,6 milhões de trabalhadores em ocupações industriais até 2025

O Brasil precisa investir no aperfeiçoamento e na qualificação de pelo menos 9,6 milhões de trabalhadores em ocupações...