Meningite: saiba como identificar e prevenir

Compartilhe

Você sabe as causas de meningite? Sabe como identificar e prevenir?

Neste episódio a neurologista Paula Christina dá mais detalhes sobre o assunto.

A meningite é uma inflamação/infecção das membranas que revestem e protegem o cérebro e medula espinhal chamadas meninges. 

Essa infecção pode ser causada por diversos microrganismos, os mais comuns são os vírus, bactérias e fungos. Eles chegam até as meninges pelo sangue ou pelas vias aéreas.

Sintomas

  • Cefaleia
  • Febre
  • Alteração da consciência
  • Rigidez de nuca
  • Náuseas e vômitos
  • Tontura
  • Manchas vermelhas pelo corpo

Em bebês além desses sintomas pode ocorrer irritabilidade, choro fácil, rigidez do corpo todo.

Se você estiver com esses sintomas, procure um Pronto Socorro o quanto antes para uma avaliação.

Nos casos indicados pelo médico, uma investigação mais aprofundada será solicitada. O diagnóstico da meningite é feito pela análise do liquor, popularmente conhecido como líquido da espinha. Esse líquor está presente entre as meninges envolvendo o cérebro e medula espinhal. A presença dos microrganismos que eu falei, principalmente vírus e bactéria no líquor, definem o diagnóstico. Uma vez feito o diagnóstico o tratamento deve ser iniciado o quanto antes.

Fatores de risco

  • Idade (crianças e idosos)
  • Imunidade baixa
  • Gravidez
  • Frequentar locais sem ventilação
  • Não ter tomado as vacinas indicadas no calendário vacinal.

Prevenção

A principal maneira de se evitar essa doença é a vacinação. Existem 6 vacinas que podem ajudar na prevenção da meningite:

  • Três previnem contra os principais tipos de bactérias chamadas meningococos: Vacina meningocócica B, C e a conjugada 
  • Vacina pneumocócica conjugada que previne contra o pneumococo
  • Vacina contra o Haemophilus que faz parte das vacinas pentavalentes e hexavalentes mas também é disponível de forma isolada 
  • Vacina BCG que é aquela vacina que tomamos no braço nas primeiras 24 horas de vida e que protege contra a meningite tuberculosa  

Para cada vacina dessa existe uma data ideal que deve ser dada, número de doses de reforço e melhores momentos para fazer isso.

Por isso além das vacinas você deve se lembrar das recomendações habituais para grande parte das doenças infecciosas como evitar aglomerados especialmente nos meses de inverno, lavar as mãos sempre que possível, colocar a mão na frente da boca quando for espirrar ou tossir e não compartilhar objetos de uso pessoal.
 
Para saber mais, assista ao vídeo no Canal Doutor Ajuda.

Foto: Reprodução/Canal Doutor AjudaFoto: Reprodução/Canal Doutor Ajuda

Leia também

Governo Federal anuncia R$ 20 milhões para prevenção e controle de doenças cardiovasculares nas mulheres

O Governo Federal, por meio doMinistério da Saúde, anunciou no sábado (14/05), o Dia Nacional da Conscientização das...

‘Nunca namorei um rapaz’, revela Gil do Vigor, que busca namorado no Mais Você

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O economista Gil do Vigor, 30, participou na manhã desta quarta-feira (11) do...

Bragantino perde em casa e se complica na Libertadores

O Bragantino ficou em situação complicada na Taça Libertadores da América após ser derrotado por 1 a 0...

Garoto ciclista faz festa de aniversário na Gameleira

  Teve bolo, docinho e parabéns em meio a um pedal cheio de alegria e natureza envolta, e sabe...

Anitta usa vestido de R$ 197 mil em premiação nos EUA; peça está esgotada

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A cantora Anitta, 29, marcou presença no tapete vermelho do Billboard Music Awards...

Brasil precisa qualificar 9,6 milhões de trabalhadores em ocupações industriais até 2025

O Brasil precisa investir no aperfeiçoamento e na qualificação de pelo menos 9,6 milhões de trabalhadores em ocupações...

CEARÁ: MDR repassa mais R$ 528,2 mil para a continuidade de obras de saneamento básico

As cidades de Camocim e Fortaleza, no Ceará, vão receber R$ 528,2 mil do Ministério do Desenvolvimento Regional, o...

Brasileiro já pagou mais de R$ 1 trilhão em impostos apenas em 2022

No dia 03 de maio, às 1h37, o impostômetro da Associação Comercial de São Paulo contabilizou R$ 1...