Meningite: saiba como identificar e prevenir

Compartilhe

Você sabe as causas de meningite? Sabe como identificar e prevenir?

Neste episódio a neurologista Paula Christina dá mais detalhes sobre o assunto.

A meningite é uma inflamação/infecção das membranas que revestem e protegem o cérebro e medula espinhal chamadas meninges. 

Essa infecção pode ser causada por diversos microrganismos, os mais comuns são os vírus, bactérias e fungos. Eles chegam até as meninges pelo sangue ou pelas vias aéreas.

Sintomas

  • Cefaleia
  • Febre
  • Alteração da consciência
  • Rigidez de nuca
  • Náuseas e vômitos
  • Tontura
  • Manchas vermelhas pelo corpo

Em bebês além desses sintomas pode ocorrer irritabilidade, choro fácil, rigidez do corpo todo.

Se você estiver com esses sintomas, procure um Pronto Socorro o quanto antes para uma avaliação.

Nos casos indicados pelo médico, uma investigação mais aprofundada será solicitada. O diagnóstico da meningite é feito pela análise do liquor, popularmente conhecido como líquido da espinha. Esse líquor está presente entre as meninges envolvendo o cérebro e medula espinhal. A presença dos microrganismos que eu falei, principalmente vírus e bactéria no líquor, definem o diagnóstico. Uma vez feito o diagnóstico o tratamento deve ser iniciado o quanto antes.

Fatores de risco

  • Idade (crianças e idosos)
  • Imunidade baixa
  • Gravidez
  • Frequentar locais sem ventilação
  • Não ter tomado as vacinas indicadas no calendário vacinal.

Prevenção

A principal maneira de se evitar essa doença é a vacinação. Existem 6 vacinas que podem ajudar na prevenção da meningite:

  • Três previnem contra os principais tipos de bactérias chamadas meningococos: Vacina meningocócica B, C e a conjugada 
  • Vacina pneumocócica conjugada que previne contra o pneumococo
  • Vacina contra o Haemophilus que faz parte das vacinas pentavalentes e hexavalentes mas também é disponível de forma isolada 
  • Vacina BCG que é aquela vacina que tomamos no braço nas primeiras 24 horas de vida e que protege contra a meningite tuberculosa  

Para cada vacina dessa existe uma data ideal que deve ser dada, número de doses de reforço e melhores momentos para fazer isso.

Por isso além das vacinas você deve se lembrar das recomendações habituais para grande parte das doenças infecciosas como evitar aglomerados especialmente nos meses de inverno, lavar as mãos sempre que possível, colocar a mão na frente da boca quando for espirrar ou tossir e não compartilhar objetos de uso pessoal.
 
Para saber mais, assista ao vídeo no Canal Doutor Ajuda.

Foto: Reprodução/Canal Doutor AjudaFoto: Reprodução/Canal Doutor Ajuda

Leia também

Semana está sendo de avaliação dos alunos de 2º ao 5º ano da rede municipal de ensino

Desde o início desta semana, as escolas da rede municipal de ensino estão realizando provas para avaliação dos...

Sábado tem Dia D da campanha Maio Amarelo com passeio ciclístico e simulação de acidente

  A Prefeitura de Nova Venécia, por meio da Superintendência de Trânsito, em parceria com o Corpo de Bombeiros,...

Prefeitura contrata cirurgião de cabeça e pescoço para atuar em Barra de São Francisco

O médico cirurgião Helio Emerich Neto (foto), será apresentado nesta quarta-feira, 18, às 16 horas pelo prefeito Enivaldo...

Inflação de abril fica em 1,06% e atinge 12,13% em 12 meses

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A inflação medida pelo IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor - Amplo)...

Cinco jogadores já chegaram ao Santos de Barra de São Francisco para a Copa Norte

Cinco jogadores já chegaram a Barra de São Francisco, nesta terça feira (17), e se apresentam ao Santos...

Sexta-feira 13: lenda da serpente do cemitério dos poloneses assombra moradores de Águia Branca

  Cemitérios são locais de "descanso eterno", mas esse parece não ter sido o destino de uma jovem supostamente...

Neste fim de semana tem rodeio show em Vila Pavão

  A Companhia Piaçu Rodeio está promovendo, neste fim de semana, o Rodeio Show Vila Pavão, no Parque de...