Medidas garantem abastecimento de alimentos

Compartilhe

Medidas do Governo Federal garantem abastecimento de alimentos

Ministérios da Agricultura e da Infraestrutura trabalham para garantir abastecimento de alimentos.
– Foto:
Marcelo Camargo/Agência Brasil

O Governo Federal vem adotando medidas que visam assegurar alimentos para a mesa dos brasileiros e para exportação em meio à pandemia do novo coronavírus.

A produção alimentícia evita riscos de desabastecimento para a população durante a pandemia do coronavírus. Segundo a ministra de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, o Governo Federal está trabalhando para garantir que não falte comida nas mesas dos brasileiros e que a logística de transporte dos alimentos continue a funcionar.

“Nós temos trabalhado muito junto ao ministro Tarcísio para integração do transporte, porque nós estamos colhendo a maior safra do Brasil. O produtor precisa retirar produtos da lavoura e os insumos precisam chegar para o plantio da próxima safra para que a população continue sendo abastecida”, destacou a ministra.

O presidente Jair Bolsonaro assinou o Decreto nº 10.282 de 20 de março de 2020, que institui os serviços essenciais que não podem parar de funcionar no Brasil em decorrência da pandemia do novo coronavírus.

O decreto prevê a manutenção da logística de transporte como operações de transporte coletivo ou individual de funcionários que atuem em atividades da cadeia de produção; transporte e entrega de cargas em geral; portos, entrepostos, ferrovias e rodovias, municipais, estaduais e federais para escoamento e distribuição de alimentos, bebidas e insumos agropecuários entre outros.

Sem parar

Máquinas colhendo soja, caminhões sendo abastecidos e distribuindo alimentos pelas cooperativas. Assim segue diariamente o trabalho na propriedade rural em Campos Novos (SC), do produtor rural Jeferson Rocha. “Nossa atividade no campo não cessou em nenhum momento apesar dessa crise do vírus. A nossa atividade de produzir alimentos é uma atividade essencial e a legislação nos assegura o mínimo de funcionamento”, disse.

O agronegócio tem sido o motor da economia brasileira, de acordo com a ministra, e o Governo Federal também está atuando para garantir a exportação dos produtos brasileiros. A Tereza Cristina reforçou que o fechamento das fronteiras do Brasil com os vizinhos da América do Sul não atinge o fluxo de mercadorias e que os detalhes da logística de exportação de cada categoria de produtos estão sendo acompanhadas junto às embaixadas dos parceiros comerciais do País.

Leia também

Preço da energia, vacina da gripe, economia verde, micro e pequenas empresas e sistema financeiro

No episódio desta semana (01), o podcast Giro Brasil 61 traz um dado que pesa no bolso do...

Expansão urbana: Barra de São Francisco deve chegar a cinco mil novas moradias até 2029

  No centro estratégico de convergência de duas estradas de ferro já autorizadas pelo Governo Federal à Petrocity Ferrovias,...

Aeroporto de Vitória volta a ter voos diretos para Fortaleza

O Aeroporto de Vitória vai voltar a ofertar voos diretos para Fortaleza a partir de julho. O voo inaugural...

Barra de São Francisco fará parte do Projeto de Desenvolvimento Federativo lançado pela Sudene

O Governo Federal, por meio da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene), lança nesta quinta-feira, 30, no Hotel...

Festa de São Pedro começa nesta sexta em Vitória e vai até domingo

    Alemão do Forró vai se apresentar na Festa de São Pedro — Foto: Alemão do Forró/Divulgação A 94ª edição...

‘É difícil, na minha idade, me ver como mãe’, diz adolescente grávida

  Taislane, grávida aos 14 anos, sentada na cama de casa em que vive com a mãe Uma menina cheia...

Festa da Fazenda Veloso começa nesta sexta-feira (01)

  Depois de ficar dois anos sem ser realizada em função da pandemia da Covid-19, a tradicional Festa da...