Medidas garantem abastecimento de alimentos

Medidas do Governo Federal garantem abastecimento de alimentos

Ministérios da Agricultura e da Infraestrutura trabalham para garantir abastecimento de alimentos.
– Foto:
Marcelo Camargo/Agência Brasil

O Governo Federal vem adotando medidas que visam assegurar alimentos para a mesa dos brasileiros e para exportação em meio à pandemia do novo coronavírus.

A produção alimentícia evita riscos de desabastecimento para a população durante a pandemia do coronavírus. Segundo a ministra de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, o Governo Federal está trabalhando para garantir que não falte comida nas mesas dos brasileiros e que a logística de transporte dos alimentos continue a funcionar.

“Nós temos trabalhado muito junto ao ministro Tarcísio para integração do transporte, porque nós estamos colhendo a maior safra do Brasil. O produtor precisa retirar produtos da lavoura e os insumos precisam chegar para o plantio da próxima safra para que a população continue sendo abastecida”, destacou a ministra.

O presidente Jair Bolsonaro assinou o Decreto nº 10.282 de 20 de março de 2020, que institui os serviços essenciais que não podem parar de funcionar no Brasil em decorrência da pandemia do novo coronavírus.

O decreto prevê a manutenção da logística de transporte como operações de transporte coletivo ou individual de funcionários que atuem em atividades da cadeia de produção; transporte e entrega de cargas em geral; portos, entrepostos, ferrovias e rodovias, municipais, estaduais e federais para escoamento e distribuição de alimentos, bebidas e insumos agropecuários entre outros.

Sem parar

Máquinas colhendo soja, caminhões sendo abastecidos e distribuindo alimentos pelas cooperativas. Assim segue diariamente o trabalho na propriedade rural em Campos Novos (SC), do produtor rural Jeferson Rocha. “Nossa atividade no campo não cessou em nenhum momento apesar dessa crise do vírus. A nossa atividade de produzir alimentos é uma atividade essencial e a legislação nos assegura o mínimo de funcionamento”, disse.

O agronegócio tem sido o motor da economia brasileira, de acordo com a ministra, e o Governo Federal também está atuando para garantir a exportação dos produtos brasileiros. A Tereza Cristina reforçou que o fechamento das fronteiras do Brasil com os vizinhos da América do Sul não atinge o fluxo de mercadorias e que os detalhes da logística de exportação de cada categoria de produtos estão sendo acompanhadas junto às embaixadas dos parceiros comerciais do País.

Leia mais

Idosa com suspeita de Coronavírus morre em ambulância na porta de hospital em São Mateus

A senhora foi transferida do Hospital São Camilo, em Nova Venécia, para o Roberto Silvares, referência para Covid-19 no norte do Estado. Enquanto esperava...

DNIT e UnB fecham acordo para o desenvolvimento de pesquisas no setor rodoviário

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) assinou um termo de cooperação técnico-científica com a Universidade de Brasília (UnB) para a realização de...

Coronavírus sobe a passos largos em Barra de São Francisco, agora são 9 casos confirmados

A Secretaria de Estado da Saúde do Espirito Santo, divulgou nesta sexta-feira, 08/05/2020, o Boletim Informativo diário da quantidade de casos conformados do coronavírus. Em...

Programação da 7ª semana das videoaulas do Programa EscoLAR já está disponível

A Secretaria da Educação (Sedu) informa que a programação das videoaulas da sétima semana do Programa...

Leia também

Suspeito de esfaquear vizinho por causa de som alto é preso em Vitória

Crime ocorreu em junho, no bairro Inhanguetá. Segundo a polícia, ele confessou o crime, mas afirmou que agiu em legítima defesa. Um homem de 30...

Larápios arrombam estabelecimento comercial no centro de Água Doce do Norte

O comerciante Aécio Vieira Ribeiro, proprietário de um hortifrúti no centro de Água Doce do Norte, na manhã de quarta-feira (05/08/2020), quando chegou para...

“Caminho longo pela frente”: panorama mostra participação do setor privado no saneamento básico brasileiro

Não é só a Covid-19 que entra na lista de doenças que se agravaram em diversas partes do Brasil por falta de saneamento básico....

Ao reduzir burocracia, novo marco legal pode acelerar liberação de testes clínicos em humanos

A pandemia do novo coronavírus e a corrida pelo desenvolvimento de novos medicamentos e vacinas reacenderam o debate sobre os processos burocráticos que envolvem...