Médicos interrompem gravidez de menina estuprada pelo tio

A equipe médica do Centro Integrado de Saúde Amaury de Medeiros, no Recife (PE), concluiu a primeira parte do procedimento de interrupção da gravidez da menina de 10 anos que foi estuprada em São Mateus, Espírito Santo. Segundo o médico Olímpio Barbosa de Moraes Filho, responsável pelo procedimento, a criança deve retornar ao Espírito Santo na quarta feira (19).

O procedimento, determinado pela justiça capixaba, consiste na injeção de medicamentos para levar o feto a óbito, o que já foi feito. Ainda na noite deste domingo (16) e madrugada desta segunda feira, teve início a segunda etapa, que é a indução da expulsão do feto, também feito por medicamento. Essa etapa só será concluída com a limpeza total do útero.

Informações: A Gazeta


Leia mais

Leia também