Médico Hélio Emerich Neto realiza primeira cirurgia de cabeça e pescoço no hospital de Barra de São Francisco

Compartilhe

A servidora municipal Terezinha Esteves Barbosa, 62 anos, que trabalha como cozinheira, sofre há 13 anos com inflamação da tireoide, uma doença que vem atingindo centenas de pessoas em Barra de São Francisco e milhões no país.

Segundo a filha, Weny, 40 anos, que é decorada de festas, a mãe também é  cardíaca e hipertensa e, nos últimos meses, vinha sofrendo ainda mais com a tireoide aumentada.

Na manhã desta sexta-feira, 8, o problema da tireoide de dona Terezinha, finalmente, foi resolvido. Ela foi a primeira paciente a passar por uma grande operação de redução da tireoide, realizada no Hospital Estadual Alceu Melgaço Filho (HDAMF), pelo médico especialista em Cabeça e Pescoço, Hélio Emerick Neto, junto com o cirurgião Alberto Chaves de Menezes.

A atuação dele, que trabalha no Hospital Roberto Silvares, em São Mateus e, agora, também no HDAMF, só está sendo possível graças a uma parceria da Prefeitura Municipal de Barra de São Francisco, através da Secretaria Municipal de Saúde (Semus) que cedeu o profissional para o hospital, onde são realizados os atendimentos ambulatoriais e as cirurgias.

A cirurgia, que teve início por volta de 9h30, só terminou às 14h, devido ao tamanho da tireoide e a problemas anatômicos da paciente.

“Ela estava com a tireoide muito aumentada. Geralmente, a glândula tem o tamanho de uma bola de gude pequena e a dela estava do tamanho de uma bola de sinuca. Além disso, a cabeça dela é muito inclinada para baixo, o que acaba dificultando a cirurgia, mas, conseguimos realizar todos os procedimentos com sucesso e, em breve, ela estará recuperada”, disse o médico.

O diretor geral do HDAF, Vaninho Mendes, disse que “o hospital, por meio da direção geral, administrativa, Núcleo Interno De Regulação (NIR), Centro Cirúrgico, e corpo de enfermagem, segue trabalhando arduamente para que os serviços prestado tenham qualidade, celeridade e igualdade para a população da região Noroeste e pactuados com a Unidade.”

Quem é o médico

Hélio Emerich Neto, que é natural de Itabirinha (MG) é filho do ortopedista Gil Emerich, um dos mais renomados da região, e atende atualmente no Hospital Roberto Silvares, em São Mateus na área de cirurgia de pescoço e cabeça e, agora,  também à região Noroeste com consultas, exames, pequenos e grandes procedimentos cirúrgicos na sua especialidade.

“Só em Barra de São Francisco temos de 30 a 40 pessoas necessitando com urgência de alguma atenção médica na área. O Dr. Hélio é filho do mantenense Dr. GIL Emerich, que domina a área de ortopedia no Hospital Estadual Roberto Silvares, em São Mateus”, destacou.

O secretário municipal de Saúde, Elcimar de Souza Alves, por sua vez, observa que a parceria com o HDAMF, permite que o médico tenha toda a estrutura para realizar consultas e até cirurgias complexas.

“Quando o paciente tem problema nessa área a gente tinha que lançar no sistema e esperar de seis meses a um ano, ou mais, para conseguir marcar a cirurgia, por isso, a vinda do cirurgião é tão importante para nós”, ressalta o secretário.

Helio Emerich Neto disse que, para além das cirurgias e consultas eletivas na sua área de atuação, pretende atuar também na orientação de médicos da região que atuam na atenção primária e promover palestras de informação sobre o avanço da medicina no tratamento das patologias relacionadas à cabeça e pescoço.

Importância do cirurgião de cabeça e pescoço

A medicina considera patologia de cabeça e pescoço o diagnóstico da doença na boca, lábios, cavidade oral, laringe, faringe, garganta e tireoide. Na maior parte dos casos, o tratamento é complexo e de alto custo, envolvendo diferentes profissionais da área da saúde, como médicos, cirurgiões, dentistas, fonoaudiólogos, entre outros. Cigarro e bebida alcoólica são fatores de risco para o desenvolvimento de doenças desse tipo.

O médico qualificado para prestar o serviço nessa área é o cirurgião de cabeça e pescoço. Ele é formado para identificar sintomas ou alterações na região da cabeça e pescoço e promover o tratamento correto.

O cirurgião de cabeça e pescoço trata de doenças – principalmente tumores benignos e malignos.

Na rotina de cirurgias, as que mais comumente são realizadas pelo cirurgião de cabeça e pescoço são as tireoidectomias, traqueostomias, remoção de tumores de boca e laringe e, também, cirurgias de glândulas salivares.

A especialidade não abrange as doenças do cérebro e outras regiões do sistema nervoso central – essas áreas são cuidadas e operadas por neurocirurgiões.

Quando procurar um cirurgião de cabeça e pescoço

– Ao notar caroços (grandes ou pequenos, redondos ou irregulares, fixos ou móveis) na região da cabeça e pescoço;

– Ao identificar feridas que não cicatrizam na pele (região da cabeça e pescoço) ou boca;

– Ao sentir dor persistente ao engolir;

– Ao apresentar engasgos sem causa aparente;

– Ao apresentar rouquidão persistente por mais de 15 dias;

– Ao apresentar alteração no olfato ou paladar.

Se você identificou algum dos sintomas citados acima, é muito importante que agende a sua consulta com um cirurgião de cabeça e pescoço da sua preferência. É sempre importante lembrar que, no caso de um possível câncer, quanto antes o tratamento é iniciado, maiores são as chances de cura.

O que são cirurgias eletivas

As cirurgias eletivas são aquelas que podem ser programadas com antecedência, diferente das de urgência e emergência. São, geralmente, de média complexidade. Para ter acesso a este tipo de procedimento pelo Sistema Único de Saúde (SUS), o paciente deve procurar uma unidade básica de saúde de seu município, que será responsável pelo encaminhamento da solicitação do atendimento, através do sistema, da Autorregulação Formativa Territorial, para ser avaliado por um profissional especializado. O pedido segue, então para a Autorregulação Formativa Territorial da Unidade executante, que neste caso é o Hospital Alceu Melgaço Filho, no qual o médico regulador, regula, autoriza, ou pede opinião formativa para o médico do PSF. No caso da autorização da solicitação do paciente é feito o agendamento. Fica a cargo da Unidade Básica de Saúde.

Leia também

Projeto Social Fábrica de Sonhos representa Barra de São Francisco no Estadual de Clubes

DELEGAÇÃO DE BARRA DE SÃO FRANCISCO PARTICIPA DA COMPETIÇÃO ESTADUAL DE CLUBES REPRESENTADA PELAS EQUIPES DO PROJETO SOCIAL...

Final do Perna de Pau promete ginásio lotado nesta quinta-feira (18)

Por Marcelo Gregório Nesta quinta feira (18), estará acontecendo a grande final do campeonato Perna de Pau 2022, às...

DER apresenta condicionantes ambientais para as obras de pavimentação da ES-230

  O Departamento de Edificações e de Rodovias do Espírito Santo – DER- ES, realizou nesta terça-feira, 16, à...

Morador de Santo Agostinho suspeito de homicídio é preso em Ecoporanga

  A polícia militar de Ecoporanga, cumpriu na última terça-feira, 16 de agosto de 2022, um mandado de prisão...

Governador do Espírito Santo tem conta invadida em rede social

  Conta oficial do governador do ES foi invadida por volta das 18h13 — Foto: Reprodução/Twitter A conta oficial do...

CRAS distribui 684 pacotes de absorventes em Monte Sinai e cadastra mais 34 famílias

A Prefeitura Municipal de Barra de São Francisco, por meio da Secretaria Municipal da Mulher, Habitação e Assistência...

Agência do Sine abre a semana com 69 vagas de emprego formal em Barra de São Francisco

A agência do Sine em Barra de São Francisco, está com 69 vagas de emprego formal abertas, 26 delas...

Jaguaré goleia São Mateus na estreia da Série B

  Com público pagante de 1.066 torcedores (1.166 presentes), e uma arrecadação de R$ 10.660,00, o Jaguaré Esporte Clube...