Médica picada por cobra venenosa em cachoeira é diagnosticada com covid-19

A médica picada por uma cobra venenosa em Nobres, no Mato Grosso, foi diagnosticada como covid-19. No último fim de semana, Dieynne Saugo se banhava em uma queda d’água de uma cachoeira quando foi picada no rosto e no braço.

Segundo amigos da médica, a cobra da espécie jararaca tinha mais de dois metros de comprimento. A pousada em que o grupo estava hospedado não tinha soro antiofídico. A vítima foi encaminhada para um hospital em Cuiabá, onde passou por cirurgia e foi internada em estado grave na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI).

Na última quinta-feira (03), a jovem foi transferida para um hospital de São Paulo e, ao ser submetida a um teste, recebeu o resultado positivo para a covid-19. A informação foi divulgada pela irmã Nathalia Saugo em uma rede social nesta sexta-feira (04). “Ontem foi feito um teste de covid, logo quando chegou ao hospital! Para nossa infelicidade, o teste deu positivo”, escreveu.

A irmã de Dieynne contou para equipe de reportagem da Record TV que a médica passou por uma cirurgia de traqueostomia por ter a respiração comprometida pelo veneno da cobra. Um outro procedimento também foi realizado no braço. “Foi feita a cirurgia no braço dela porque estava muito inchado e estava comprimindo as veias. Foi feito a cirurgia, e ocorreu tudo bem”, explicou a irmã. Após o procedimento, a médica foi isolada.

Informações: Estadão

Leia mais

Alternância do comércio de Nova Venécia preocupa Biel da Farmácia

Ao se pronunciar, na sessão desta terça-feira dia 21 de julho, o vereador Josiel Santana, popular Biel da Farmácia, demonstrou séria preocupação em relação...

IPAJM promove atendimento diferenciado no período de pandemia

Aposentados, pensionistas, servidores e ex-servidores ativos estaduais, bem como os familiares, devem ficar atentos às formas de atendimento do...

Leia também