MEC institucionaliza programa de eficiência energética

MEC institucionaliza programa de eficiência energética

O EnergIF também abrange a área de energia eólica Foto: Agência Brasil

Um projeto para impulsionar no país o desenvolvimento de energias renováveis e eficiência energética e ampliar a oferta de profissionais qualificados na área na rede federal de ensino. Esse é o objetivo do EnergIF, o Programa para Desenvolvimento em Energias Renováveis e Eficiência Energética na Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, instituído por meio de portaria publicada nesta quinta-feira (12) no Diário Oficial da União (DOU).

“Em uma rede que hoje tem dispêndios, por exemplo, com energia elétrica, de mais de R$ 100 milhões, ter um grupo de profissionais, docentes envolvidos no estudo dessas fontes alternativas, é fundamental para que a utilização do recurso público ocorra cada vez mais de maneira mais eficiente, mantendo de forma sustentável o que já havia sendo feito e ganhando em escala a economia que é necessária para que outras ações possam ser desenvolvidas”, destaca o secretário de Educação Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação, Wandemberg Venceslau.

Diretrizes do programa

Entre as diretrizes do programa, segundo a portaria, estão:

– Impulsionar a ampliação de infraestrutura para laboratórios e aquisição de usinas para geração de energia renovável, buscando maior eficiência no uso da energia;
– Incentivar a formação profissional tecnológica em energias renováveis e eficiência energética, para ampliar a geração de empregos;
– Estimular pesquisa, desenvolvimento, inovação e empreendedorismo em energias renováveis e eficiência energética, com o objetivo de reduzir a pressão sobre recursos naturais;
– Estimular, avaliar e difundir a implementação de iniciativas de eficiência energética, para assegurar maior eficiência do gasto público e do uso dos recursos naturais; e
– Promover parcerias e disseminar informações sobre iniciativas em energias renováveis e eficiência energética.

Áreas abrangidas

Também como determina a portaria, o EnergIF abrange as áreas de energia eólica; energia solar fotovoltaica; eficiência energética na indústria; biogás e biometano; biocombustíveis; e hidrogênio renovável e mobilidade elétrica.

O programa é voltado às instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, mas permite parceria com demais instituições de ensino públicas e privadas.

Ações já desenvolvidas pelo EnergIF

Segundo o Ministério da Educação, o EnergIF já estava em desenvolvimento desde 2017. Já vem, inclusive, apresentando resultados positivos na rede federal, como, por exemplo, a capacitação de 437 docentes na temática de energia renovável e eficiência energética. Atualmente, mais de 300 profissionais estão envolvidos com o projeto.

“A partir deste momento, com a publicação no Diário Oficial da Portaria nº 941, o programa passa a ser visto como algo prioritário na gestão atual do Ministério da Educação”, acrescenta o secretário de Educação Profissional e Tecnológica.

Leia mais

Deputados cobram urgência na votação da Nova Lei do Gás contra monopólio e por menor preço do gás natural

Após sete anos de discussão, a proposta (PL 6.407/2013) que pode baratear o preço do gás natural no país deve enfim entrar na pauta...

Homem torna-se o mais rico do Brasil por alguns dias após erro da Caixa Econômica

Após erro da agência bancária, designer se deparou com a fortuna em sua conta. Imagine você se...

Auxílio emergencial indeferido? veja as regras para contestar

O Ministério da Cidadania publicou nesta segunda-feira (22) portaria com as regras para a contestação extrajudicial dos indeferimentos de requerimentos do auxílio emergencial de...

Governo inaugura obras em Águia Branca

O Governo do Estado entregou, em solenidade virtual, importantes investimentos em infraestrutura urbana no município de Águia Branca. Por meio da Secretaria de Saneamento,...

Leia também

Sortudo! Apostador capixaba leva prêmio de R$ 1,6 milhão na Lotofácil

O fim de semana começou muito mais feliz...

Mantenópolis volta para o vermelho no Mapa de Risco para a Covid-19

O Governo do Espírito Santo anunciou nesta sexta-feira (4) o 34º mapa de risco da Covid-19, que terá vigência entre a próxima segunda-feira (7)...

Jovem de Nova Venécia que venceu cinco cânceres morre aos 22 anos

A jovem digital influencer veneciana, Anna Luiza Nicolau Evangelista, de 22 anos, morreu na manhã deste sábado (05), no Hospital Meridional, em São Mateus. Segundo Ancilia Nicolau,...

Alerta de tempestade, chuva forte e granizo para 18 cidades do ES

O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) estendeu...