MEC autoriza 645 mil vagas de cursos técnicos em instituições privadas de ensino superior

MEC autoriza 645 mil vagas de cursos técnicos em instituições privadas de ensino superior

O Programa Novos Caminhos visa mais oportunidades, emprego, renda e novas tecnologias Foto: Banco de Imagens

Nesta quinta-feira (1º), foi publicada a Portaria n° 524 do Ministério da Educação (MEC), que autoriza 515 novos cursos técnicos em instituições privadas de ensino superior.

Por intermédio dessa medida, serão viabilizadas cerca de 645 mil novas vagas, que já podem ser oferecidas pelas instituições. 

A autorização dos cursos técnicos foi viabilizada pelo programa Novos Caminhos. A medida tem um potencial expressivo para aumentar a oferta de educação profissional e tecnológica, já que o censo escolar de 2019 apontou 1,8 milhão de estudantes nessa modalidade de ensino. 

Para a autorização publicada agora, a Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec) do Ministério da Educação avaliou 1,7 mil pleitos apresentados pelas instituições no mês de abril deste ano. Os relatórios específicos de cada um dos pedidos serão enviados pelo órgão aos e-mails cadastrados pelos demandantes por meio do Sistema Nacional de Informações da Educação Profissional e Tecnológica (Sistec). 

É a segunda vez que o MEC autoriza cursos técnicos em instituições privadas de ensino superior. A primeira autorização, em junho deste ano, viabilizou 207 novos cursos e correspondeu a mais de 60 mil vagas. 

 

O Programa

Trata-se de um conjunto de ações para o fortalecimento da política de Educação Profissional e Tecnológica, em apoio às redes e instituições de ensino, no planejamento da oferta de cursos alinhada às demandas do setor produtivo e na incorporação das transformações produzidas pelos processos de inovação tecnológica.

O Novos Caminhos visa, ainda, contribuir para o alcance da meta definida no Plano Plurianual 2020-2023, que é de elevar em 80% o total de matrículas em cursos técnicos e de qualificação profissional, alcançando 3,4 milhões de matrículas até 2023. Essa ampliação contribuirá para a inserção socioprodutiva de milhões jovens e trabalhadores e também para a alavancagem da produtividade e competitividade de diversos setores da economia.

 

Leia mais

Governo Federal destina mais R$ 41,1 milhões para obras de segurança hídrica no Ceará

Os recursos são destinados à execução do Trecho I do CAC, que tem 145 quilômetros de extensão ...

Buda gigante em Ibiraçu atrai visitantes e impressiona por ser o segundo maior do mundo

Com 35 metros de altura, a segunda maior estátua de Buda do mundo está localizada às margens da BR-101, na altura de Ibiraçu, no...

COVID-19: Consumo de Pescados na Semana Santa não representa risco à população

A Semana Santa é tradicionalmente o principal período de consumo de pescados no Brasil. No Espírito...

ES: com custo de mais de R$ 250 mil, Centro de Quarentena atendeu 11 pessoas

Ao todo, o orçamento para o projeto é de R$ 1,8 milhão. A Prefeitura de Vitória calculou receber 800 pacientes até o final do...

Leia também

Eleições Municipais terão plano de segurança sanitária

A pouco menos de um mês para a realização do primeiro turno das Eleições Municipais, um dos desafios que se apresentam é garantir a...

Mapa revela que municípios com alta produção agrícola impactam no PIB local

Um estudo do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) revela que municípios com maior valor da produção agrícola do país têm, em média,...

Projeto de Lei que parcela dívidas tributárias federais pode ajudar contribuintes catarinenses

Responsável por um a cada três empregos formais em Santa Catarina, o segmento industrial do estado aguarda a aprovação do Projeto de Lei 2735/2020,...

Congresso discute ações de combate aos incêndios no Pantanal

Deputados federais e senadores à frente da Comissão Temporária Externa que discute os incêndios no Pantanal elaboram um estatuto do bioma. O documento conterá...