MDR reconhece a situação de emergência em mais oito cidades afetadas por desastres

Compartilhe

O Governo Federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), reconheceu, nesta segunda-feira (27), a situação de emergência em mais oito cidades do País atingidas por desastres naturais. A portaria com os reconhecimentos foi publicada no Diário Oficial da União (DOU). Clique neste link para acessar.

Na lista de municípios beneficiados, três foram atingidos por inundações: Alenquer e Monte Alegre, no Pará, e Taió, em Santa Catarina. Já Palmeiras dos Índios, em Alagoas, teve a situação de emergência reconhecida devido a chuvas intensas, enquanto Montanha, no Espírito Santo, sofreu com vendaval e Rio Fortuna, em Santa Catarina, com enxurradas. Por fim, Pérola, no Paraná, e Jaguaratema, no Ceará, passam por um período de estiagem.

Também nesta segunda-feira, o Governo Federal reconheceu o estado de calamidade pública na cidade de Lagoa da Canoa, em Alagoas, por chuvas intensas. Confira a portaria neste link.

Os dois principais fatores que diferenciam situação de emergência do estado de calamidade são o tamanho do desastre e a capacidade de resposta do município atingido.

Como solicitar recursos federais

Após a concessão do status de situação de emergência pela Defesa Civil Nacional, os municípios atingidos por desastres estão aptos a solicitar recursos do MDR para atendimento à população afetada. As ações envolvem restabelecimento de serviços essenciais e reconstrução de equipamentos de infraestrutura danificados.

A solicitação deve ser feita por meio do Sistema Integrado de Informações sobre Desastres (S2iD). Com base nas informações enviadas, a equipe técnica da Defesa Civil Nacional avalia as metas e os valores solicitados. Com a aprovação, é publicada portaria no DOU com a especificação do montante a ser liberado.

Capacitações da Defesa Civil Nacional

A Defesa Civil Nacional oferece uma série de cursos à distância para habilitar e qualificar agentes municipais e estaduais para o uso do S2iD, a partir do Plano de Capacitação Continuada em Proteção e Defesa Civil. As capacitações têm como foco os agentes de proteção e defesa civil nas três esferas de governo. Confira neste link a lista completa dos cursos de capacitação.

Foto: Divulgação/MDRFoto: Divulgação/MDR

Leia também

Um mês após mulher trans ser morta por PM, moradores e comunidade LGBTQIA+ fazem protesto no Espírito Santo

  Mulher trans conhecida como 'Lara Croft' foi morta a tiros em Cariacica Nesta sexta-feira (12) completou-se um mês desde...

Mais de 250 mil motoristas de táxi recebem o primeiro lote do auxílio

O Ministério do Trabalho e Previdência iniciou o pagamento das duas primeiras parcelas de R$ 1.000 (cada) do...

INDICADORES: preço do café arábica cai nesta quarta-feira (17)

A saca de 60 quilos do café arábica começou a quarta-feira (17) com queda de 1,57% no preço...

Lutador de Muaythai de Barra de São Francisco vence campeonato em primeiro lugar em Colatina

A equipe de Muaythai Tigres de Valhalla, esteve muito bem representada pelo estreante Gideão Pereira da Silva, na...

Agronegócio e Comércio são os principais setores produtivos no Noroeste do Espírito Santo

A pecuária do leite, cultivo de café, cultivo de pimenta-do-reino e comércio – como bares e restaurantes –...

Pastor e esposa morrem após batida entre carro e caminhão no extremo sul da Bahia

Um pastor de uma igreja evangélica e a esposa dele morreram após uma batida entre o carro em...

Idoso cai em córrego e morre afogado em Nova Venécia

O corpo de um homem identificado como Altamiro Domingos foi encontrado na manhã desta segunda-feira (15), dentro um...

Prefeitura cascalha estradas no Córrego Denzol

Maquinas, caminhões e servidores da secretaria de Transportes e Estradas da prefeitura de Barra de São Francisco, estão...