MDR promove conferência para que produtores da Rota do Açaí apresentem experiências e troquem conhecimento

O Governo Federal promoveu uma conferência para que produtores de açaí apoiados pelo Ministério do Desenvolvimento Regional, o MDR, pudessem trocar experiências e abordar as perspectivas futuras. Todos eles integram a Rota do Açaí, uma ação que visa apoiar a cadeia produtiva desse fruto.

Francisco Soares, diretor de Desenvolvimento Regional do MDR, destaca a importância do intercâmbio de informações para que as unidades da Rota no País possam crescer e produzir mais.

“É um evento de grande importância para mostrar realmente a capacidade dessa atividade, principalmente na região amazônica. O MDR tem todo o interesse nessa atividade, em apoiar essa atividade. Nós estamos aqui na Diretoria de Desenvolvimento Regional e Urbano inteiramente à disposição para que nós possamos avançar cada dia mais nesse setor.”

Atualmente, há quatro polos da Rota do Açaí em atividade. Um está no Amapá. E os outros três, no Pará, estado que responde por cerca de 60 por cento da produção nacional.

Para Rosa Maria Alexandre da Silva, coordenadora do polo Nordeste Paraense, esse número reflete o potencial da região.

“As potencialidades são as reservas de açaí, manejo com produção orgânica e agroecológica, área vocacionada para o cultivo de forma produtiva em várzeas e terra firme, existência de fornecedores de máquinas e equipamentos para beneficiamento do açaí artesanal. No contexto geral, nós ‘estamos bem na fita’ nesse quesito, que é um gargalo em outros polos.”

No momento, o MDR apoias as Rotas do Açaí, da Biodiversidade, do Cacau, do Cordeiro, da Economia Circular, da Fruticultura, do Leite, do Mel, do Peixe e da Tecnologia da Informação e Comunicação.
 

De acordo com o Censo Agropecuário realizado pelo IBGE)no ano de 2017 e publicado em 2019, o Pará foi responsável pela produção de 242 mil toneladas de açaí em 35,4 mil estabelecimentos rurais, respondendo por cerca de 60% da produção nacional (Foto: Divulgação)De acordo com o Censo Agropecuário realizado pelo IBGE)no ano de 2017 e publicado em 2019, o Pará foi responsável pela produção de 242 mil toneladas de açaí em 35,4 mil estabelecimentos rurais, respondendo por cerca de 60% da produção nacional (Foto: Divulgação)