Mato Grosso tem testagem da Covid-19 cinco vezes maior que a média nacional

O Mato Grosso alcançou a marca de 4.454 testes moleculares (RT-PCR) aplicados para cada 100 mil habitantes. O número mais do que o quintuplicou a média nacional, que é de 870 testes por 100 mil habitantes. Os dados disponibilizados no Painel da Covid-19 mostram um acréscimo de aproximadamente 411% em relação à média nacional.

Desde que passou a realizar testes de coronavírus, no dia 19 de março de 2020, o  Laboratório Central do Estado (Lacen) já realizou um total de 152.828 amostras do RT-PCR. Ainda foram distribuídos 631,1 mil testes rápidos aos 141 municípios de do estado, com o objetivo de auxiliar as prefeituras na ampliação do rastreamento dos casos confirmados do coronavírus.

Viajantes estrangeiros que vierem ao Brasil precisam apresentar PCR

RN: Sesap capacita pesquisadores responsáveis pelo mapeamento da Covid-19

A viabilização dos testes à população, segundo o governo, é fundamental, sobretudo para a detecção e tratamento precoces. Essa ampla testagem também permite a detecção do maior número de casos e a análise de dados mais precisos.

Exame RT-PCR. Foto: Agência Brasil.

Leia mais

Leia também