Marcas capixabas de moda praia ganham espaço no mercado internacional

Empresas capixabas, especialmente do segmento de moda praia, inscritas no Programa de Qualificação para Exportação (PEIEX), iniciativa da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento (Sedes) e a Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes), estão se qualificando com o intuito de expandir seus negócios para o mercado internacional.

Um dos casos é o da empresa Camila Alves Beachwear, do segmento de moda praia, localizada em Guarapari, que já concluiu todas as etapas de capacitações, e agora se prepara para receber seu Plano de Exportação elaborado pela equipe de extensionistas do PEIEX-ES.

A empresa possui um showroom que funciona em horário comercial e onde são apresentados os produtos aos clientes. Além disso, os produtos estão disponíveis para venda via site oficial, além da empresa contar com um canal de vendas 24h via WhatsApp.

A assistente administrativa da empresa, Monike Rocha Nascimento, destaca que as orientações e capacitações do PEIEX-ES trouxeram inúmeros benefícios para o progresso da marca. “O que podemos ressaltar é o acréscimo de conhecimento sobre os incentivos públicos para as exportações de micro e pequenas empresas, o know-how sobre o sistema de exportações e o networking criado com as demais empresas capixabas”, conta. 

Monike Rocha também ressalta que a marca iniciou o processo de exportação atendendo a uma demanda externa, principalmente de países como Japão, Estados Unidos, Portugal, Espanha, Austrália, entre outros, sobretudo países costeiros. “O processo de exportação começou em 2015, com clientes de outros países buscando a nossa empresa interessados em usar e revender os produtos Camila Alves em seus respectivos países”. 

Em 2017, a empresa começou a produzir peças para uma marca italiana através de um intermediador sediado na Itália. Monike conta que nessa parceria, que se mantém até hoje, somente as etiquetas são modificadas e todos os produtos são 100% Camila Alves.

Outro exemplo de destaque é a empresa Mr. Captain, do segmento de moda masculina casual e praia, localizada em Vitória, que também já concluiu todas as etapas de capacitações, e agora se prepara para receber seu Plano de Exportação. Com mais de um ano de experiência, a marca comercializa seus produtos na loja física, por meio de multimarcas, e também de forma on-line para todo o Brasil. 
 
A sócia da empresa, Laís Kamaz Vinhosa Jardins, conta que a marca já realizou algumas vendas para a Austrália. “Foi uma experiência muito bacana, pois nós ainda não estávamos buscando esse mercado e acabou sendo uma ótima forma de testar a aceitação do nosso produto no mercado internacional”.

A empresária conta que se surpreendeu positivamente com o atendimento personalizado que recebeu dos extensionistas do PEIEX-ES. “Todas as reuniões que nós tivemos com os extensionistas foram essenciais para o nosso treinamento. Mesmo durante a pandemia, nós conseguimos acompanhar as aulas, pois as capacitações foram disponibilizadas de forma digital. Além do mais, o programa nos chamou a atenção, pois não tínhamos olhado para o mercado externo como possibilidade e agora podemos nos adequar e, a custo zero, ampliar a nossa receita de uma forma muito interessante”, conta. 

A técnica extensionista do PEIEX-ES, Priscila Sastre, destaca que 20 empresas capixabas do segmento de moda praia feminina, masculina e moda fitness participam deste ciclo do programa. 

“Vale destacar que a exportação desse tipo de produto possui algumas vantagens, pois as confecções no Brasil trabalham alguns diferenciais valorizados por outros países, como estampas próprias, modelagem do biquíni brasileiro, qualidade dos tecidos e, em alguns casos, trabalhos manuais como crochê, além da aplicação de outros detalhes manuais como tranças e outros adereços”, explica. 

Para o subsecretário de Atração de Investimentos e Negócios Internacionais da Sedes, e coordenador do PEIEX-ES, Gabriel Feitosa, as capacitações, oficinas e treinamentos que o programa oferece aos empresários contribuem para o aumento da visibilidade da produção capixaba no mercado internacional. “Mesmo com a pandemia, a nossa equipe está empenhada em manter as atividades, no formato digital, para que as empresas estejam preparadas para expandirem seus negócios. Vamos continuar oferecendo uma capacitação de qualidade às empresas, de forma gratuita, para que elas tenham condições de se desenvolver ainda mais no mercado e gerar mais empregos”, assinala.

Sobre o PEIEX-ES
O programa oferece às empresas, de forma gratuita, orientação técnica sobre as melhorias que a organização deve implementar para comercializar produtos e serviços no mercado internacional.

Sobre a Apex-Brasil
A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) atua para promover os produtos e serviços brasileiros no exterior e atrair investimentos estrangeiros para setores estratégicos da economia brasileira. A Agência apoia atualmente cerca de 15 mil empresas em 80 setores da economia.

Serviço:
Núcleo Operacional do PEIEX-ES
(27) 3636-9717
peiex@peiex.es.gov.br

Texto: Carolina Moreira

Leia mais

Última semana para se inscrever no edital de apoio a inovações em empresas e spin-offs da Fapes

Termina na próxima sexta-feira, dia 26 de junho, o prazo para se inscrever na chamada pública...

Marinha emite alerta de ventos de até 75 km/h no Sul do Espírito Santo

A Marinha emitiu um alerta de ventos fortes no litoral sul do Espírito Santo que podem chegar a 75 km/h. O fenômeno deve atingir...

Cursos de Universidades Públicas apresentam melhor desempenho que particulares

Os cursos das instituições públicas de ensino superior apresentaram desempenhos maiores que os das instituições privadas no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade)...

Do campo à mesa consumidor: governo garante abastecimento da população

Ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina fala sobre as ações para garantir o abastecimento de alimentos...

Leia também

Governo anuncia simplificação do eSocial e modernização de normas do trabalho

Segundo o Ministério da Economia, o texto atual estava em vigor desde 2005 e dificultava e inviabilizava a adoção de soluções trabalhistas no setor...

“Perdemos um terço da estrutura produtiva. Nossa retomada vai depender do aumento do consumo no Brasil”, diz coordenadora de Inteligência de Mercado da Abicalçados

A crise causada pela pandemia da Covid-19 teve impacto significativo no mercado calçadista brasileiro. O Brasil é o quarto maior produtor mundial de calçados,...

Novo regulamento para o setor de radiodifusão passa a valer a partir de 3 de novembro

O setor de radiodifusão vai passar por uma série de mudanças em sua regulamentação. A principal delas é o novo Regulamento sobre Canalização e...

Mobilização pelo Emprego e Produtividade promete facilitar a vida de empreendedores

Com a pandemia, não foi só a saúde que enfrentou dificuldades. Até final de julho deste ano, mais de 13 milhões de brasileiros ficaram...