Mapa de risco: Cai para 30 o número de cidades no risco extremo no Estado

O governador Renato Casagrande apresentou o novo mapa de risco do Estado, em pronunciamento pelas redes sociais, na noite desta sexta-feira (16). O número de municípios no risco extremo para transmissão do novo coronavírus caiu de 42 para 30 no Espírito Santo.

A nova classificação começa a valer na segunda-feira (19) e ainda traz um aumento na quantidade de cidades no risco alto, que passa de 34 para para 39.

Já as cidades no risco moderado, a quantidade deixa de ser de apenas duas para nove a partir de semana que vem.

As cidades da Grande Vitória seguem no risco extremo por pelo menos mais duas semanas, que é o tempo de duração das medidas para esse grupo de risco.

“O mapa ainda está muito vermelho, mas é um sinal de que estamos avançando positivamente, mas só vamos avançar, se as pessoas continuarem com disciplina”, afirmou Casagrande.

Nas cidades de risco extremo, as atividades comerciais só podem funcionar de quarta a sexta-feira e em horários limitados.

No entanto, em função do feriado de Tiradentes, na próxima quarta-feira (21), o governador informou que será feita uma exceção na próxima semana e os comércios poderão abrir as portas na terça, quinta e sexta.

Nas cidades de risco extremo, também não há transporte coletivo aos feriados e finais de semana – esse serviço atende apenas aos trabalhadores da saúde.

Já nas cidades de risco alto, o comércio pode abrir as portas de segunda a sexta, das 10h às 18h, e aos sábados, até as 16 horas.

No risco moderado, o funcionamento do comércio não tem limitação de horário.

Leia mais

Leia também