Manifestação pró-Palestina reúne mais de 1.000 pessoas no centro de Paris


SputnikNeste sábado (22), cerca de 1.000 pessoas se reuniram para uma manifestação no centro de Paris para protestar contra as ações de Israel e mostrar apoio à Palestina, informou um correspondente da Sputnik no local.

A manifestação em Paris conta com representantes da diáspora árabe, da Confederação Geral do Trabalho (CGT), do Partido Comunista francês, de grupos anarquistas, assim como de residentes locais.

Durante o protesto os participantes desenrolaram uma grande bandeira palestina no meio de uma das principais praças do centro de Paris e gritaram “liberdade para a Palestina”, “a Palestina vencerá” e “Israel é um assassino”.

Ao contrário de manifestações anteriores, o protesto foi aprovado pelas autoridades desta vez. Nenhuma situação de violência foi relatada até agora.

Há uma semana, no sábado (15), uma manifestação não autorizada em apoio à Palestina ocorreu no distrito de Barbes, em Paris. O protesto resultou em confrontos violentos entre manifestantes e policiais. Os manifestantes atiraram garrafas, tábuas de madeira e fogos de artifício contra policiais, além de queimarem latas de lixo. A polícia respondeu com gás lacrimogêneo, canhões de água e balas de borracha. Segundo consta, 44 pessoas foram detidas e um policial ficou ferido.

De acordo com o Ministério de Assuntos Internos da França, um total de 22 mil pessoas participaram de protestos a favor do povo palestino em todo o país, com cerca até cinco mil pessoas somente na capital francesa.

Na quinta-feira (20), Israel e o movimento Hamas concordaram com um cessar-fogo mediado pelo Egito, após 11 dias de ataques com foguetes e ataques aéreos que deixaram 243 palestinos e 12 israelenses mortos, além de milhares de feridos – a maioria do lado da Palestina.

(Foto: REUTERS / Benoit Tessier)

Leia mais

Leia também