Mais dois grupos prioritários começarão a ser vacinados contra a Covid-19 na próxima semana

Com a definição do Ministério da Saúde, nessa terça-feira (25), os trabalhadores de portos e aeroportos passarão a ser vacinados contra a Covid-19. A expectativa é que 19.851 trabalhadores sejam imunizados no Espírito Santo.

O anúncio também foi feito pelo governador do Estado, Renato Casagrande, na manhã desta quarta-feira (26), durante ato simbólico de vacinação dos trabalhadores do transporte coletivo rodoviário de passageiros, no Palácio Anchieta, em Vitória.

“Algumas categorias entram (na ordenação) do Plano Nacional de Imunização, como o caso dos portuários e aeroportuários. Outras, como os rodoviários, estamos tomando esta decisão de fazer o processo mais adiantado com o uso da reserva técnica. Respeitamos o Plano e seguimos, mas como os nossos profissionais são cuidadosos com a aplicação da vacina, não temos perdas e conseguimos avançar nas demais categorias, dando um pouco mais de tranquilidade às pessoas que exercem suas atividades”, explicou o governador.

As doses referentes aos trabalhadores de portos e aeroportos serão encaminhadas aos estados de acordo com a estimativa populacional, de forma escalonada. Na remessa enviada na madrugada desta quarta-feira (26), o Ministério definiu o envio de 19.627 doses para este grupo, sendo 793 para trabalhadores do transporte aéreo (população estimada de 1.017) e 18.834 doses para trabalhadores portuários (população estimada 18.834).

A operacionalização será definida ao longo da próxima semana, que contará com um ato simbólico para início da vacinação.

Distribuição das doses quarta-feira (26)

Nesta quarta-feira (26), o Espírito Santo recebeu 139.750 do doses Covishield (Oxford/Fiocruz), além da previsão de chegada de mais 12.870 doses da Pfizer/BioNTech ainda neste dia.

O início da distribuição das doses teve início nesta quarta-feira (26) aos municípios da Região Metropolitana e a partir desta quinta-feira (27), serão enviadas às Regionais de Saúde Norte, Central e Sul.

Para a distribuição desta semana, o Estado definiu o envio de primeiras doses para público de gestantes e puérperas, população em situação de rua, forças de segurança e salvamento, comorbidades e trabalhadores de transporte coletivo rodoviário.

Além disso, fará o envio de doses da reserva técnica para as segundas doses às pessoas de 60 a 64 anos da vacina Coronavac.

Confira a tabela de distribuição clicando aqui.

 

Próximos grupos a serem vacinados

Além do esforço do Estado e de municípios para dar mais celeridade à vacinação contra a Covid-19, com a distribuição e disponibilidade das doses nas 78 cidades capixabas em até 48 horas após a chegada na Central Estadual de Rede de Frio, bem como nas ações de vacinação realizadas pelas secretarias municipais e a otimização das doses, o Espírito Santo se destaca também com a estratégia de ampliação dos públicos prioritários. Havendo disponibilidade semanal de vacinas, a agilidade se dá com o envio de doses da reserva técnica para garantir a imunização de mais capixabas.

A expectativa, ainda para esta semana, é de que mais um grupo seja iniciado, o da população em situação de rua, que compreende cerca de 2.462 pessoas no Espírito Santo.

Ainda nesta quarta-feira (26), os secretários de Estado da Saúde, Nésio Fernandes, e da Educação, Vitor de Angelo, informaram, em pronunciamento, que a vacinação dos trabalhadores da educação não precisará mais de um ato estadual para seguir uma ordenação por faixa etária. Os municípios terão a autonomia em definir a melhor estratégia, podendo avançar na vacinação de forma mais ampla. Além disso, o Estado passará a encaminhar também doses para os trabalhadores da educação superior.


Leia mais

Leia também