Mais de 400 famílias de São Paulo e Paraná recebem novas moradias

Compartilhe

Mais de 410 famílias dos estados de São Paulo e Paraná receberão novas

R$ 425 milhões foram destinada à continuidade das obras de 301 mil moradias para famílias que ganham até R$ 1.800
– Foto:
Fernando Frazão/Agência Brasil

O Governo Federal finalizou a construção, na quarta-feira (6), e começará a entrega das unidades habitacionais nos estados de São Paulo e Paraná. Foram investidos R$ 36,7 milhões pelo Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) em três empreendimentos. Os residenciais atendem à Faixa 1 do Programa Minha Casa, Minha Vida (MCMV), voltada a grupos familiares com renda mensal de até R$ 1,8 mil. Ao todo, são mais de 416 famílias e 1.600 pessoas beneficiadas.

O empreendimento na capital paulista é o maior, composto por três edifícios, cada um com 17 andares. Está localizado no bairro Vila Nina, na rua Dr. Augusto Amaral, que também dá nome ao complexo residencial. Os apartamentos têm 48,88 m², divididos em dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço. O bairro dispõe de boa infraestrutura, com redes de água, esgoto, drenagem e energia elétrica, pavimentação, urbanização, iluminação e transporte públicos. Conta também com creche, escola e postos de saúde e segurança. O valor médio de cada unidade é de R$ 128,4 mil. A entrega das chaves às 300 famílias segue até esta sexta-feira (8).

No Paraná, também foi iniciada hoje a entrega do Loteamento Palmital I, empreendimento localizado em um distrito da cidade de Ivaí (PR). São 47 casas geminadas, com 42,60 m², todas com dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço, adaptáveis para pessoas com necessidades especiais. O valor médio de cada unidade é R$ 71,8 mil. O loteamento tem infraestrutura com redes de água, drenagem e energia elétrica, pavimentação, urbanização, iluminação e transporte públicos.

Hoje também começa a entrega de 72 casas do MCMV na cidade paulista de Itariri. O novo residencial, localizado no bairro Vila Boa Esperança, possui moradias com dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço – são 49 m² no total. O valor médio da unidade é R$ 99,4 mil. O empreendimento conta ainda com toda infraestrutura externa e com creche, escola e postos de saúde e segurança a menos de 1,5 km.

Investimentos em habitação

Em 2020, o Ministério do Desenvolvimento Regional já autorizou a transferência de R$ 692,3 milhões do Orçamento Geral da União para garantir a execução do Minha Casa, Minha Vida. A maior parte dos recursos, R$ 425 milhões, foi destinada à continuidade das obras de 301 mil moradias para famílias que ganham até R$ 1.800.

Leia também

Juiz impõe restrições e manda soltar homem que agrediu filha e esposa em Vila Pavão

A Justiça mandou soltar e impôs uma série de restrições ao homem de 51 anos que arrastou a...

INDICADORES: Preço do boi gordo tem aumento nesta terça-feira (5)

A cotação da arroba do boi gordo começou a terça-feira (5) com alta de 3,24% e o produto...

Preço da energia, vacina da gripe, economia verde, micro e pequenas empresas e sistema financeiro

No episódio desta semana (01), o podcast Giro Brasil 61 traz um dado que pesa no bolso do...

Idosa é assaltada no bairro Beira Rio, em Nova Venécia

Na manhã desta terça-feira (05), uma idosa de 61 anos, foi assaltada no bairro Beira Rio, em Nova...

Bueiro é construído no Santa Angélica, agora, são 81 em um ano e seis meses

A secretaria de Transportes e Estradas da prefeitura de Barra de São Francisco, com seus funcionários construíram mais...

Governador confirma presença na inauguração da clínica de hemodiálise em Barra de São Francisco

A inauguração da Clínica Med.Álise Maura Maria de Paula foi confirmada pela empresária Josi Lopes e o prefeito...

Descaracterização de barragens pode ser antecipada

O esvaziamento da barragem é a principal etapa do trabalho de eliminação da estrutura. A atividade é executada...