Mais de 40 motoristas multados em Colatina por beber e dirigir entre janeiro e maio deste ano

Todo mundo sabe que álcool e direção é uma mistura perigosa que pode resultar em fatalidade no trânsito. Porém, 45 condutores de veículos não levaram a sério a recomendação e foram multados em Colatina entre janeiro e maio deste ano por dirigir sob influência de álcool. Os dados são da Polícia Militar de Colatina.

A penalidade é gravíssima, com multa no valor de R$ 2.934,70, perda de 7 pontos na carteira e habilitação suspensa por um ano. O condutor pode ser condenado a até três anos de prisão.

Ainda segundo a PM, em caso de reincidência no período de até 12 meses, aplica-se em dobro a multa prevista, chegando ao valor de R$ 5.869,40 e cassação do documento de habilitação.

BAFÔMETRO

Mesmo quem se recusa a fazer o teste do bafômetro pode ser multado e preso. A embriaguez ao volante também pode ser constatada pelo policial, observando a capacidade psicomotora do condutor como, por exemplo, o andar cambaleante, olhos vermelhos, hálito etílico e fala desconexa. Se no teste de embriaguez, o etilômetro marcar mais de 0,33 mg/1, o condutor será conduzido à Delegacia.

PUNIÇÃO

Desde abril de 2018, as penalidades ficaram mais rígidas para condutores embriagados que causam morte ou lesão corporal grave ou gravíssima na direção de veículo automotor.

Nesses casos é aplicada a pena de reclusão que pode levar de cinco a oito anos. Isso significa que o condutor será conduzido à presença da Autoridade Policial e não terá mais direito a pagar fiança na delegacia para ser liberado, ficando à disposição da Justiça, além de pagar a multa e ter a CNH suspensa.

Portanto, fica o alerta: álcool e direção não combinam. Se for beber, é melhor deixar o carro em casa, usar o transporte coletivo, pegar carona com alguém que não bebe, ir de táxi ou chamar algum motorista de aplicativo. O importante é voltar para casa em segurança e livre de problemas.

Fonte: esfala

 

 


Leia mais

Leia também