Mais de 4 mil municípios são contemplados com repasse de R$ 6,7 milhões para exames de pré-natal

O Ministério da Saúde destinou R$ 6,7 milhões que devem ser utilizados em pagamento de exames de pré-natal na Atenção Primária à Saúde (APS). Ao todo, 4.090 municípios brasileiros foram beneficiados com a iniciativa. A medida consta em portaria publicada no Diário Oficial da União (DOU) nesta segunda-feira (24).

A ação faz parte da Rede Cegonha, estratégia da pasta que pretende garantir os cuidados necessários com mulheres e crianças que buscam atendimento no Sistema Único de Saúde (SUS). O repasse dos recursos leva em conta a produção apresentada pelos estados e municípios em 2020.

Variante Indiana: Ministério da Saúde vai criar barreiras sanitárias

Câmara debate Situação dos Agentes Comunitários de Saúde na pandemia

O valor atende à determinação de uma portaria que incluiu novos exames no pré-natal da Rede Cegonha. Entre eles, estão cultura de bactérias para identificação, realizado por meio da urina; hemoglobina, ampliação do ultrassom obstétrico, além de exames adicionais para gestantes de alto risco, como contagem de plaquetas, por exemplo.

Foto: Ana Nascimento/MDS/Portal BrasilFoto: Ana Nascimento/MDS/Portal Brasil


Leia mais

Leia também