Mais de 360 mil abordagens realizadas na Operação Barreiras

As barreiras sanitárias adotadas pelo Governo do Estado na prevenção à disseminação do novo Coronavírus (Covid-19) já abordaram cerca de 360 mil pessoas. O trabalho, iniciado em março, conta com pontos de abordagem nas principais rodovias do Estado. Durante a ação, a equipe afere a temperatura de motoristas e passageiros abordados, que também respondem a um questionário sobre local de origem e se apresentam algum sintoma da doença.

O coordenador do Centro de Comando e Controle à Covid-19, Luiz Carlos Cruz, lembra que a ação não impede o trânsito de veículos e pessoas. “Essas ações não são para restringir a entrada ou circulação de pessoas e cargas. O intuito é de dar mais segurança a eles e à nossa população, repassando as orientações apropriadas sobre essa doença e identificando casos suspeitos. Já abordamos mais de 360 mil pessoas. São mais de 360 mil cidadãos que receberam instruções sobre a importância do uso da máscara, higienização de mãos e maneiras corretas de prevenção” destaca Cruz.

Nos casos em que há suspeita da doença, é feita a orientação para que a pessoa permaneça em isolamento por 14 dias. Nos casos em que são identificados alguns sintomas da doença associados à falta de ar, é feito o encaminhamento à rede de saúde pública. Durante as abordagens, 45 pessoas com suspeita de estarem infectadas foram encaminhadas para o serviço médico.

Além disso, os profissionais ressaltam a importância de seguir as orientações para prevenção à Covid-19, realizando frequentemente a higienização das mãos com água e sabão ou álcool, com a utilização de máscaras e evitando contato e aglomeração.

Atuação do Centro de Comando e Controle

Atuam nas barreiras sanitárias profissionais do Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, do Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo (Idaf), da Polícia Rodoviária Federal, das Forças Armadas, das secretarias estadual e municipais de saúde e das respectivas guardas municipais.

O Governo do Estado também implantou uma barreira sanitária no Aeroporto de Vitória, que já realizou o mesmo atendimento a mais de 9.300 pessoas.

Profissionais da segurança pública do Estado também estão envolvidos na prevenção ao novo Coronavírus. Diversas abordagens têm sido feitas por agentes do Corpo de Bombeiros e Polícia Militar, orientando moradores que permaneçam em casa.

“No Centro de Comando e Controle voltado à Covid-19 estamos coordenando ações integradas para prevenir, conscientizar e atender à população capixaba. Precisamos que o cidadão entenda, ao ver as barreiras e as abordagens, que trata-se de ação de prevenção à doença. Nós defendemos a necessidade do distanciamento social, que as pessoas permaneçam em casa, para que a rotina de todos volte ao normal assim que possível. Mas, é necessária a adesão e comprometimento da população em nome da saúde de todos”, afirma Luiz Carlos Cruz.

Leia mais

Leia também