Mais antigo do Brasil, clube de futebol sobrevive longe dos holofotes e sonha com retorno

Compartilhe

Fundado em 19 de julho de 1900, o Rio Grande é considerado o clube de futebol mais antigo do Brasil em atividade ininterruptamente — a Ponte Preta, de Campinas, fundada 23 dias depois, discorda.

O público mais jovem, porém, pouco ouviu falar do “Vovô” ou do “Veterano”, como o clube da região mais ao sul do Rio Grande do Sul recebeu ao longo do tempo. A realidade de hoje sequer remete ao tamanho de sua história. Inspirador para a criação de várias equipes pelo país, o clube popularizou o futebol no Rio Grande do Sul, mas por pouco não acabou.

Entre dificuldades financeiras naturais de clubes do interior, o Rio Grande sofre para sobreviver. “Ou eu salvava o clube, ou eu salvava o futebol”, disse o presidente Cláudio Diaz, ao UOL Esporte. “Tenho certeza que o clube teria fechado se não agíssemos. Daí a Ponte Preta poderia dizer o que quisesse”.

A opção foi pelo clube e, com isso, fazer um time com investimento que o futebol profissional demanda hoje é impossível. O plano é pagar as dívidas, alimentar a relação com a torcida e, só no futuro, olhar com mais carinho para o campo. Esse é o caminho que se encontrou para evitar o pior. E tentar fazer com que o ancião do futebol brasileiro ainda viva por muitos anos.

Longe da elite há 22 anos

O Rio Grande conquistou o Gauchão em 1936, mas hoje em dia passa longe das glórias do passado. São 22 anos longe da elite. A última participação na primeira divisão estadual foi no ano 2000, e como convidado pela Federação Gaúcha de Futebol em razão de seu centenário. A campanha não foi de rebaixamento (terminou em quinto lugar em um dos grupos da primeira fase e os sétimos colocados caíram), mas como atuava por convite, foi devolvido para a Divisão de Acesso.

Hoje o Rio Grande disputa a ‘Segunda Divisão’, que na verdade é o terceiro nível do futebol do RS — a elite é o Gauchão e a segunda é chamada de Divisão de Acesso. Na temporada passada, esteve perto de subir, mas acabou não conseguindo.

O cenário atual é reflexo de dívidas acumuladas ao longo dos anos. O atual presidente do clube assumiu o comando em 2021. “Algumas diretorias que passaram recentemente tiveram a irresponsabilidade de conduzir o clube numa aventura. Sabemos como disputas de beleza e vaidade acabam. É um preço muito caro”, contou Cláudio Diaz. “Pegamos o clube com uma dívida de R$ 4 milhões e muitos penhores. Nos mobilizamos, negociamos as dívidas e, por ação do nosso departamento jurídico, conseguimos provar que temos bens impenhoráveis. A partir daí, reajustamos e já pagamos boa parte disso”.

A escolha foi esvaziar o investimento no futebol e fazer a manutenção de dívidas e reativar o clube social. Hoje, o futebol se mantém com ajuda de conselheiros e torcedores. O clube ainda tem contas penhoradas e quer sanar suas dívidas o quanto antes. Somente então poderá sonhar mais alto. “Hoje, salvamos o clube, mantivemos funcionando. Daqui a uns três anos salvamos o futebol”, explicou.

Veja reportagem completa no Uol

Leia também

‘Vai socorrer minha mãe’: avó relata fala de neto que avisou na rua que mãe foi morta em casa

    Daniele de Jesus Almeida, de 23 anos, foi morta dentro de casa Daniele de Jesus Almeida, de 23 anos,...

Primeiro encontro das Audiências Públicas para o Orçamento de 2023 será em Barra de São Francisco

Reunião presencial vai permitir que cidadãos das microrregiões Nordeste e Noroeste do Estado dialoguem com equipe de Governo....

Repórteres da Globo que viralizaram após declaração de amor se casam no Rio

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Repórteres da Globo que viralizaram após uma declaração pública de amor e que...

Polícia Militar informa

  A Polícia Militar informa que circula em redes sociais um print com um suposto encaminhamento de um projeto...

Homem é preso após agredir a esposa e pisar no pescoço da filha em Vila Pavão

Um homem de 51 anos foi preso na tarde deste sábado (2) após agredir a esposa e a...

Apostas de Aracruz , Barra de São Francisco, Colatina, Nova Venécia e Vila Velha ganham R$ 42 mil na Mega

Ninguém acertou as seis dezenas no concurso 2.497 da Mega Sena, sorteadas no sábado (2) à noite em...

Preço do litro de gasolina cai novamente em Nova Venécia

  O valor do litro de gasolina voltou a cair pela segunda semana seguida, em Nova Venécia. A informação...