Live solidária da dupla Jorge e Henrique foi um sucesso de arrecadação em doações

Aconteceu na noite da última terça-feira, 16 de junho de 2020 uma super live solidária realizada pela dupla Jorge e Henrique, de apenas 12 e 14 anos de idade respectivamente.

Os meninos de Água Doce, como foram chamados nos dias que antecederam a live, são filhos do município, e começaram a cantar juntos no fim de 2019.

A dupla que nunca havia se apresentado em público, começou com bastante nervosismo no início, e com o passar do tempo foi se soltando ao som de muita música sertaneja, e lógico, com o apoio do cantor Bryan (da dupla João Lucas e Bryan) que contribuiu bastante no andamento do show tocando e cantando.

As doações surpreenderam a todos que se envolveram no projeto, o número exato de alimentos e dinheiro arrecadado será repassado em breve pelos pais de Jorge (Méri e Reginaldo), mas a princípio estima-se que várias famílias serão beneficiadas com essa ação solidária.

Ao todo, a live alcançou quase 21 mil pessoas, tendo um engajamento de quase 2500 usuários e mais de 8.800 visualizações, em um determinado período da transmissão, os meninos de Água Doce, chegaram a ter 259 pessoas assistindo de forma simultânea o show que eles proporcionaram para os amigos.

O site Portal ADN apoiou com a divulgação da LIVE, mas outras pessoas também tiveram uma importância fundamental neste projeto, e em nome de Reginaldo e Méri (pais do Jorge), fica os sinceros agradecimentos ao Dr. Kelmy que ficou responsável pela filmagem, ao Wesley Oliveira que coordenou a sonorização ao lado do pai de Henrique (João), ao ex secretário de transportes Vantuil Donato, e aos músicos Bryan e Ian que contribuíram com seus instrumentos e tempo dedicado ao projeto.

Após a live, os meninos foram curtir o show que eles proporcionaram para os aguadocenses, provavelmente nem dormiram a noite, porque a alegria estampada no rosto deles era nítida, e quem saiu ganhando com isso foram as inúmeras famílias carentes do município que serão beneficiadas nos próximos dias.


Leia mais

Leia também