Linha de crédito para pequenas e médias empresas ajuda na preservação de empregos

Linha de crédito para pequenas e médias empresas ajuda na preservação de empregos

Governo vai arcar com os salários dos empregados no valor de até dois salários mínimos durante dois meses.
– Foto:
Valter Campanato/Agência Brasil

Uma das medidas tomada pelo Governo Federal que tem contribuindo na preservação de empregos em meio à pandemia do novo coronavírus é linha de crédito no valor de R$ 40 bilhões criada para pequenas e médias empresas. O recurso é para financiar a folha de pagamento dos trabalhadores e evitar demissões. 

Pela iniciativa, o governo vai arcar com os salários dos empregados no valor de até dois salários mínimos durante dois meses. Nesse período, a empresa não poderá demitir.

A medida foi anunciada no final de março e até agora, cerca de 9,5 mil empresas tiveram acesso ao recurso e mais de 124 mil empregados foram alcançados com um montante que soma R$ 156,4 milhões, de acordo com o Banco Central. A estimativa é de beneficiar mais de 12 milhões de trabalhadores e 1,4 milhão de pequenas e médias empresas.

Um dos brasileiros que acessou o crédito é Alex Almeida. Dono de uma empresa de roupas infantis, em Januária, no norte de Minas Gerais, ele viu o faturamento cair e contou que teria que demitir alguns dos empregados se não fosse a medida do governo.

“Ao avaliar nosso fluxo de caixa, nossa necessidade de capital de giro, nós percebemos que uma das atitudes seria realmente a demissão de alguns colaboradores”, disse. “Esse crédito veio a manter o emprego de muitos dos meus colaboradores e de muitas empresas aqui do norte de Minas”. E acrescentou: “No Dia do Trabalho não tem uma coisa que dê tanto orgulho a qualquer pessoa como ter seu emprego”.

A linha de crédito tem juros de 3,75% ao ano. O prazo de pagamento é de três anos, com carência de seis meses pra começar a quitar o empréstimo. Para contar com a ajuda do governo a empresa deve ter faturamento anual de R$360 mil a R$ 10 milhões de reais.

 

Leia mais

Começam as obras de pavimentação da principal avenida do bairro Aeroporto

Após a conclusão da primeira etapa da drenagem...

Investimento em inovação pode ajudar Brasil sair da crise

Com a crise gerada pela pandemia do novo coronavírus, a economia também sofreu fortes impactos em 2020. Para a retomada do setor, a inovação...

Universidade alemã nega que ministro da Educação tenha concluído pós-doutorado

A Universidade de Wuppertal, na Alemanha, negou que...

Instituto EDP lança 5º edição do Projeto Educação Empreendedora, que beneficiará 2.500 estudantes

Iniciativa ajudará escolas da rede pública do Espírito Santo a lidar com os efeitos da pandemia...

Leia também

Governo anuncia simplificação do eSocial e modernização de normas do trabalho

Segundo o Ministério da Economia, o texto atual estava em vigor desde 2005 e dificultava e inviabilizava a adoção de soluções trabalhistas no setor...

“Perdemos um terço da estrutura produtiva. Nossa retomada vai depender do aumento do consumo no Brasil”, diz coordenadora de Inteligência de Mercado da Abicalçados

A crise causada pela pandemia da Covid-19 teve impacto significativo no mercado calçadista brasileiro. O Brasil é o quarto maior produtor mundial de calçados,...

Novo regulamento para o setor de radiodifusão passa a valer a partir de 3 de novembro

O setor de radiodifusão vai passar por uma série de mudanças em sua regulamentação. A principal delas é o novo Regulamento sobre Canalização e...

Mobilização pelo Emprego e Produtividade promete facilitar a vida de empreendedores

Com a pandemia, não foi só a saúde que enfrentou dificuldades. Até final de julho deste ano, mais de 13 milhões de brasileiros ficaram...