‘Lean nas Emergências’: profissionais do Himaba apontam melhorias para agilizar atendimentos

A implantação do projeto “Lean nas Emergências”, do Ministério da Saúde, segue a todo vapor no Hospital Estadual Infantil e Maternidade Dr. Alzir Bernardino Alves (Himaba), em Vila Velha. Nos encontros dessa segunda-feira (09) e terça-feira (10), com os consultores da iniciativa, os profissionais do Himaba identificaram os principais gargalos que possam comprometer o atendimento aos pacientes no pronto-socorro, ambulatório e maternidade.

O “Lean”, que tem como objetivo reduzir a superlotação dos serviços de urgência e emergência, faz parte do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (Proadi-SUS), do Ministério da Saúde, e conta com parceria do Hospital Sírio-Libanês. Com o projeto, é possível reduzir a burocracia, o retrabalho, etapas desnecessárias, gastos excessivos e, com isso, aumentar o acesso, promover agilidade, satisfação, eficiência e controle de riscos.

A especialista no projeto “Lean”, Angela Souza, é uma das consultoras que está acompanhando a implantação no Himaba e destacou: “Nessa visita a gente identificou cada vez mais o engajamento do pessoal do hospital, uma participação muito grande de todas as áreas e os apontamentos de melhorias. Mapeamos todo o Himaba e conseguimos identificar juntos quais pontos de espera, onde estão os gargalos e onde conseguimos melhorar. Foi um ponto bastante positivo dessa visita. A tendência é cada vez melhorar e ter mais engajamento”, afirmou.

Na próxima visita dos consultores, que acontece a cada 15 dias, os profissionais do Himaba deverão apresentar o andamento do plano de ação de cada oportunidade de melhoria apontada por meio das ferramentas oferecidas pelos conselheiros, além da atualização dos indicadores dos planos de 5S – metodologia baseada em cinco princípios que visam a garantir a organização e limpeza das áreas de trabalho.

A fase de acompanhamento e visita dos consultores ao Himaba vai durar, aproximadamente, seis meses. Após esse período, a equipe controla os resultados por mais 12 meses para garantir a manutenção das melhorias introduzidas.

O Himaba

Mantido pelo Governo do Estado, o Hospital Estadual Infantil e Maternidade Dr. Alzir Bernardino Alves (Himaba), em Vila Velha, é administrado desde o dia 6 de novembro de 2019, pelo Instituto Gnosis, por meio de um contrato de gestão firmado com a Secretaria da Saúde (Sesa).

Leia mais

Dono de ferro-velho encontra granada no meio de sucata e aciona a polícia no Espírito Santo

A Polícia Militar foi acionada pelo proprietário de um ferro-velho, localizado em Boa Vista I, em Vila Velha, na Grande Vitória, que relatou ter...

MEC anuncia Enem em 17 e 24 de janeiro de 2021

O Ministério da Educação (MEC) e o Instituto...

Polícia prende homem com revólver e material para caça em Ecoporanga

Na noite da última quinta-feira, 28/05/2020, Policiais do 11º BPM de Ecoporanga, avistou uma pessoa em atitude suspeita nas proximidades do distrito de Joassuba,...

“Se retirarmos competências tributárias dos municípios, será difícil prestar serviços públicos à população”, defende presidente da Abrasf

O Brasil tem uma das cargas tributárias mais altas no mundo. No ano passado, segundo um estudo realizado por especialistas do setor, a carga...

Leia também

Homem é assassinado a tiros no interior de Vila Pavão

Imagem ilustrativa Um homem de 32 anos foi assassinado a tiros na noite de ontem, no Córrego da Puaia, na zona rural de Vila Pavão. Segundo...

Enivaldo anuncia duplicação do polo industrial para atrair empregos

Já falando como candidato, um dia depois de...

Fome aumenta no Espírito Santo e atinge 425 mil lares, aponta IBGE

  A fome atinge três a cada dez lares do Espírito Santo. Ao todo, são 425 mil domicílios do estado estão em situação de insegurança...

Polícia apreende drogas dentro de uma viatura em Vitória

Uma viatura da Polícia Militar do Espírito Santo foi encontrada com drogas dentro em uma oficina mecânica na Avenida Marechal Campos, em Vitória. De...