Lançados guias e app para orientação a refugiados sobre direitos e serviços no Brasil

Compartilhe

A secretária de Previdência do Ministério do Trabalho e Previdência, Marina Battilani, participou na quinta-feira (23/06), no Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, da cerimônia de lançamento de dois guias de Direitos Humanos e um aplicativo contendo direitos e serviços para migrantes e refugiados no Brasil. 

O aplicativo Direitos e Serviços no Brasil tem informações sobre políticas públicas desenvolvidas no país, com versão inicial em espanhol. A interface é intuitiva e dá acesso a mais de 100 tópicos sobre temas de regularização migratória, documentação, direitos humanos, assistência social, trabalho e renda, educação, saúde e proteção.

A Cartilha de Direitos Humanos para Ucranianos Migrantes e Refugiados no Brasil foi impressa em português e ucraniano e aborda direitos disponíveis no Brasil. Já o Guia de Orientação em Direitos Humanos para Pessoas do Afeganistão no Brasil orienta sobre como reconhecer violações de direitos, como e em quais órgãos e canais as denúncias devem ser levadas.

A secretária da Previdência do MTP, Marina Battilani, ressaltou a importância dos guias e do app, que vão ajudar o ministério a comunicar informações para a acolhida aos refugiados, uma vez que “eles têm direitos trabalhistas e previdenciários da mesma forma que cidadãos brasileiros”.

Além da representante do MTP e da ministra da MMFDH, Cristiane Britto, participaram da cerimônia o ministro das Relações Exteriores, Carlos França, o secretário do Desenvolvimento Social do Ministério da Cidadania, Robson Tuma, a secretaria nacional de Proteção Global do MMFDH, Mariana Neris, o chefe da missão da Organização Internacional para as Migrações no Brasil, Stéphane Rostiaux, e o presidente do Instituto Brasileiro de Apoio aos Segmentos Étnico-Raciais, Igor Shimura.

Com informações do Ministério do Trabalho e Previdência

Lançados guias e app para orientação a refugiados sobre direitos e serviços no Brasil

Materiais são destinados principalmente a ucranianos, venezuelanos e afegãos Foto: Min. Trabalho e Previdência

Leia também

Conta de luz deve ficar mais barata em Barra de São Francisco e outras cidades do ES; veja lista

  A conta de energia elétrica deve ficar mais barata em Barra de São Francisco e outras 69 cidades...

Alunos de Enfermagem da Unopar visitam Unidade de Saúde Mental

Quarenta alunos – divididos em duas turmas - da faculdade Unopar, do curso de Enfermagem visitaram a Unidade...

Brasil registra mais de 7 mil mortes por Covid em julho, apontam secretarias de Saúde

    Profissional de saúde coleta amostra nasal para teste de Covid-19 em uma escola no Rio de Janeiro, no...

Confira os resultados da Primeira rodada do Campeonato Municipal de Vila Pavão

A Primeira rodada do Campeonato Municipal foi realizada no último domingo (31), com jogos acontecendo no estádio municipal...

Adolescente filha de vítima de feminicídio é morta a tiros no Espírito Santo e ex-namorado é preso suspeito do crime

  Uma adolescente de 14 anos, que perdeu a mãe em 2009 vítima de feminicídio, foi morta a tiros...

Nova Venécia recebe novos equipamentos e retroescavadeira

  A Prefeitura de Nova Venécia, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura, participou da Semana da Agricultura Familiar...

Denilson Móveis e Stop Car largam na frente nas quartas do Perna de Pau

As quartas de final do Campeonato Perna de Pau tiveram início nesta segunda-feira, 1º de agosto, no ginásio...

Diversos tipos de medicamentos estão à disposição na Farmácia da prefeitura de Barra de São Francisco

O secretário Municipal de Saúde da prefeitura de Barra de São Francisco, Elcimar de Souza Alves, que relatou...