Lacen/ES inicia processo de compra para equipamento capaz de detectar novas cepas da Covid-19

O ano de 2021 trará mais uma nova habilitação ao Laboratório Central de Saúde Pública do Espírito Santo (Lacen/ES). A Secretaria da Saúde (Sesa) iniciou, ainda no mês de fevereiro, o processo de compra para a aquisição de um sequenciador genômico para integrar ao Laboratório.

“Com estas aquisições, o Espírito Santo será incorporado à rede genômica que se tem no País e no mundo, e poderá avançar na transformação do Sistema Único de Saúde, e também em uma rede de pesquisa, ensino e investigação aplicada aos interesses da saúde coletiva e da saúde pública”, informou o secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes.

O equipamento permitirá conhecer toda a sequência genética de um agente patógeno, sejam vírus, bactérias, protozoários ou fungos. Para este cenário, com a pandemia do novo Coronavírus, o equipamento permitirá a identificação e mapeamento de possíveis novos genomas do SARS-CoV-2 (Covid-19) que possam estar em circulação no Estado.

“É uma aquisição valiosa, pois nos auxiliará a encontrar, de forma mais rápida, alterações e mutações do vírus SARS-CoV-2, a saber se é mais agressivo ou se tem resistência aos imunizantes, por exemplo”, destacou o coordenador do Lacen/ES, Rodrigo Rodrigues.

O valor do investimento estadual será de aproximadamente R$1,5 milhão, em compra a ser realizada por licitação. A previsão de entrega é de aproximadamente três a quatro meses após realização da compra. Além disso, há previsão de recursos do Ministério da Saúde para a aquisição de mais equipamentos para sequenciamento.

Segundo Rodrigues, a aquisição trará benefícios também para a identificação de outras doenças. “O sequenciador ajudará também em pesquisas de todos os demais agravos que o Lacen/ES realiza o processamento, além de auxiliar em pesquisas dentro do laboratório e assim que chegar, toda equipe passará por treinamento para colocarmos o equipamento em uso o mais rápido possível”, pontuou.

 

Leia mais

Leia também