Justiça peruana analisa nesta segunda-feira pedido de prisão preventiva de Keiko Fujimori


A candidata da extrema direita peruana à presidência da República, Keiko Fujimori, é alvo de um pedido de prisão preventiva, que será examinado nesta segunda-feira pela Justiça peruana, informa a Prensa Latina.

O caso nada tem a ver com os esforços da candidata para reverter o triunfo eleitoral de Pedro Castillo. 

Há algumas semanas, a Promotoria pediu a revogação da liberdade condicional de Keiko, por suposta violação das regras da condicional que a proíbem de entrar em contato com testemunhas e co-réus na investigação concluída contra ela e 41 outras pessoas por lavagem de dinheiro e outros crimes.

(Foto: © Guadalupe Pardo / Reuters)

Leia mais

Leia também