Justiça nega pedido de prisão a Keiko Fujimori no Peru


Da Revista Fórum – O Poder Judicial do Peru decidiu nesta segunda-feira (21) que Keiko Fujimori, candidata derrotada nas eleições presidenciais e filha do ex-ditador Alberto Fujimori, não precisará retornar à prisão no país. O Ministério Público alegou que ela havia infringido regras estabelecidas pelas medidas cautelares impostas contra ela em razão das investigações do Caso Odebrecht.

Uma das regras impostas foi a proibição de se comunicar com testemunhas em razão do perigo de obstaculizar as investigações. Segundo o procurador José Domingo Pérez, a candidata teria infringido essa determinação durante as eleições ao se comunicar com o ex-congressista Miguel Torres, do partido Força Popular (mesmo de Keiko).

Leia a íntegra na Fórum.

(Foto: Reuters)