Justiça manda soltar motorista que provocou morte de pai e filha no ES

A Justiça mandou soltar o motorista que provocou o acidente que matou pai e filha, no dia 1º deste mês, em uma rodovia de Colatina, no noroeste do estado. Segundo informações da secretaria de Estado da Justiça (Sejus), Uanderson Elias Delfino, de 38 anos, foi liberado na tarde desta terça-feira (20).

No último dia 3, durante audiência de custódia, foi estabelecida uma fiança de R$ 10 mil contra Uanderson. No entanto, o valor não foi pago e ele continuou preso no Centro de Detenção Provisória de Colatina.

A Justiça, então, reduziu esse valor pela metade, estipulando a fiança em R$ 5 mil. A juíza da 1ª Vara Criminal de Colatina, Silvia Fonseca Silva, determinou a redução da fiança por causa da situação econômica de Uanderson, que não tinha condições de pagar a fiança inicial. Mesmo assim, o valor não foi pago.

Relembre o caso

Segundo a polícia, o motorista dirigia sob efeito de álcool quando atingiu a moto onde estavam Maria Karoline Neppel, de 23 anos, e José Idalino Neppel, de 44.

José Idalino chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos. Já a jovem morreu no local.

Ainda de acordo com a polícia, o motorista do carro que provocou a morte de pai e filha já tinha registro de prisão por embriaguez ao volante, em uma outra ocasião.

O acidente aconteceu na noite do dia 1º de julho, próximo à região de Boapaba, em Colatina. Policiais que atenderam a ocorrência disseram que o carro seguia no sentido São Roque – Colatina, quando bateu de frente com a moto, que seguia no sentido contrário.

Informações: Folha Vitória


Leia mais

Leia também