Justiça determina prisão de empresário condenado por mortes em acidente na BR-101

 

A Justiça do Espírito Santo determinou a prisão do empresário Wagner Dondoni. Ele perdeu todos os recursos na Justiça depois de ser condenado pelas mortes de três pessoas da mesma família em um acidente que aconteceu em 2008, na BR-101.

O mandado de prisão foi expedido pelo juiz Romilton Alves Vieira Junior, da 1ª Vara Criminal de Viana. A pena é de 26 anos e 10 meses de prisão em regime fechado.

O acidente que matou as três pessoas da mesma família aconteceu em Viana, no dia 20 de abril de 2008.

O sobrevivente Ronaldo Andrade perdeu a esposa e os dois filhos quando eles foram atingidos pela caminhonete dirigida por Dondoni.

Na época, a polícia encontrou uma garrafa de vodka no carro de Wagner Dondoni. A reportagem não conseguimos contato com a defesa do empresário.

A Secretaria de Estado da Justiça informou que Dondoni ainda não foi preso.

No dia 20 de abril de 2008, o empresário Wagner José Dondoni dirigia embriagado na BR-101 quando bateu de frente no carro da família

No dia 20 de abril de 2008, o empresário Wagner José Dondoni dirigia embriagado na BR-101 quando bateu de frente no carro da família

Empresário Wagner Dondoni na época do acidente

Empresário Wagner Dondoni na época do acidente


Leia mais

Leia também