Junho Vermelho: HEUE promove campanha para incentivo à doação de sangue

O Hospital Estadual de Urgência e Emergência (HEUE), unidade gerenciada pela Pró-Saúde, em Vitória, inicia nesta segunda-feira, 1º de junho, a campanha “Quarentena Solidária – doe sangue, doe vida”. O objetivo é ajudar a abastecer o estoque do Hemocentro do Estado do Espírito Santo (Hemoes), que está baixo desde o início do distanciamento social, devido à pandemia do novo Coronavírus (Covid-19). A iniciativa do hospital faz menção também ao movimento Junho Vermelho, que busca conscientizar sobre a importância de doar sangue.

Para estimular o ato de solidariedade, durante a pesquisa de satisfação realizada pelo telefone, o Serviço de Atendimento ao Usuário (SAU) do HEUE, tem reforçado a importância da doação. Já o Serviço Social do hospital tem ampliado a divulgação da campanha, durante os atendimentos presenciais e telefônicos. Para despertar atenção dos frequentadores do hospital, um painel com frases de incentivo à doação de sangue será exposto na área de acesso ao refeitório.

O HEUE já possui a sua própria Agência Transfusional, composta por médica hematologista, farmacêutica bioquímica e técnicos de Laboratório. Ela é responsável pelo armazenamento dos hemocomponentes (hemácias, plaquetas, plasmas e crioprecipitados), além de ser encarregada de buscar bolsas de sangue no HEMOES, para a realização de transfusões nos pacientes atendidos na unidade. O hospital é referência em atendimento ao trauma no Espírito Santo e realiza, em média, 400 transfusões de sangue ao mês.

“Os bancos de sangue de todo o Brasil estão sofrendo com a escassez de doadores e houve uma queda significativa dos estoques. A doação é essencial para os hospitais, pois os acidentes de trânsito e doméstico continuam acontecendo, e muitos desses pacientes necessitam de cirurgias com transfusões”, explicou Flaviane Alves da Silva Mattos, responsável pela Agência Transfusional do HEUE.

“Ampliamos o convite para doação de sangue à toda população. A solidariedade é imprescindível nesse momento para garantir a continuidade dos atendimentos nas unidades de saúde”, ressaltou Flaviane Mattos.

“Em atendimentos graves, como a vítimas de acidente automobilístico, o tipo sanguíneo mais utilizado é O-, até que se façam os testes pré-transfusionais, para identificação grupo sanguíneo ABO/Rh, pesquisa de anticorpo irregular e prova de compatibilidade sanguínea do paciente para a realização das transfusões sanguíneas”, completou a responsável pela Agência. Por isso, há uma grande demanda por este tipo específico de sangue.

Onde doar:

O atendimento em todas as unidades é por meio de agendamento. A medida visa a reduzir a circulação de pessoas nos locais para evitar aglomeração, diminuindo a possibilidade de transmissão do novo Coronavírus.

– Hemocentro de Vitória

Endereço: Avenida Marechal Campos, 1.468, Maruípe | Telefone: 3636-7920

– Unidade de Coleta de Sangue da Serra

Endereço: Avenida Eudes Scherrer Souza, s/nº (anexo ao Hospital Estadual Dório Silva) | Telefone: (27) 3218-9429

– Hemocentro de Linhares

Endereço: Av. João Felipe Calmom, 174-298 – Centro | Telefone: (27) 3264-6000

– Hemocentro de Colatina

Endereço: R. Cassiano Castelo, 276 – Centro | Telefone: (27) 3717-2800

– Hemocentro de São Mateus

Endereço: Rodovia Otovarino Duarte Santos, Km 02, Parque Washington | Telefone: (27) 3767-7954

Quem pode doar sangue:

Antes de efetivamente doar sangue, os voluntários passam por uma triagem para avaliar sua condição de saúde e verificar se estão aptos a realizar a doação. Quem tem entre 16 e 69 anos pode se candidatar como voluntário. Para os mais velhos, uma ressalva: só pode doar quem tiver feito a primeira doação até os 60 anos. Já os menores de 18 anos precisam de autorização de um responsável legal.

O interessado em doar sangue deve ir até uma unidade do Hemoes, apresentar um documento oficial com foto e responder a um questionário. Caso tenha almoçado, deve aguardar três horas após a refeição para fazer a doação.

Neste período de pandemia, pessoas que tiveram diagnóstico positivo para o novo Coronavírus (Covid-19) podem realizar a doação após 30 dias sem apresentar sintomas. Já as pessoas que estiverem com sintomas gripais não devem comparecer para doação.

Sobre a Pró-Saúde

A Pró-Saúde é uma entidade filantrópica que realiza a gestão de serviços de saúde e administração hospitalar há mais de 50 anos. Seu trabalho de inteligência visa à promoção da qualidade, humanização e sustentabilidade. Com 16 mil colaboradores e mais de 1 milhão de pacientes atendidos por mês, é uma das maiores do mercado em que atua no Brasil. Atualmente realiza a gestão de unidades de saúde presentes em 24 cidades de 12 Estados brasileiros — a maioria no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS). Atua amparada por seus princípios organizacionais, governança corporativa, política de integridade e valores cristãos.


Leia mais

Leia também