Jovem de Baixo Guandu morre em acidente de lancha na baía de Vitória

Uma estudante de fisioterapia de 25 anos, identificada como Bruna França Zocca, morreu em um acidente de lancha ocorrido no final da tarde deste sábado (25) na altura da Ilha do Príncipe, na baía de Vitória.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, outras três pessoas ficaram gravemente feridas e foram levadas para o Hospital Estadual de Urgência e Emergência, também na Capital.

Informações da ocorrência registrada pela Polícia Militar apontam que, por volta das 18 horas deste sábado, a lancha na qual Bruna e os demais tripulantes estavam, se chocou contra o píer de uma empresa, que é utilizado para atracação no Porto de Vitória. Bruna, que era namorada do dono da lancha, morreu no local.

Após a colisão, a lancha foi rebocada para as proximidades do Sambão do Povo, a fim de facilitar o socorro dos feridos.

Na manhã deste domingo (26), Marta Cristina França, de 50 anos, que é tia da estudante morta no acidente, esteve no Departamento Médico Legal (DML) para liberar o corpo da jovem.

Em entrevista à TV Gazeta, a tia contou que a sobrinha namorava o dono da lancha. “Eles se apaixonaram, se encontraram e foi muito bom para ela e para ele”, disse.

Segundo Marta, Bruna havia saído do município de Baixo Guandu, no Noroeste do Espírito Santo, para estudar na Grande Vitória.

Minha sobrinha era uma menina linda, a minha princesinha. Guerreira, universitária, veio de Baixo Guandu para lutar. Deixou a mãe e o pai para estudar, trabalhar. Estava na flor da idade e aconteceu isso. Deus sabe de todas as coisas“, lamentou.

As causas do acidente serão investigadas pela Capitania dos Portos do Espírito Santo. Até o momento, não há mais informações sobre o estado de saúde dos demais tripulantes.

Bruna França Zocca, de 25 anos, morreu após a lancha da qual era tripulante se chocar contra um píer. — Foto: Reprodução/Arquivo pessoal

Leia mais

Leia também