José Aldo entra no time de embaixadores dos JEB’s 2021

José Aldo entra no time de embaixadores dos JEB's 2021

José Aldo ao lado do secretário Especial do Esporte, Marcelo Magalhães Foto: Ministério da Cidadania

O manauara José Aldo é do tipo que vive esporte nas diversas manifestações. Um dos grandes nomes da tradição brasileira nas lutas marciais mistas (MMA), ele construiu um cartel invicto de oito vitórias no World Extreme Cagefighting (WEC) e migrou para o Ultimate Fighting Championship (UFC), onde foi bicampeão na mesma categoria e colecionou defesas de cinturão. Quando não está no ambiente dos octógonos, contudo, é frequentemente visto em arquibancadas de partidas de vôlei, basquete e futebol, e adora estar por dentro do cenário internacional de natação, tênis e de outras modalidades de luta.

Essa proximidade ganhará um capítulo especial entre 29 de outubro e 5 de novembro de 2021. José Aldo terá a chance de acompanhar a disputa de 17 modalidades no Parque Olímpico da Barra, no Rio de Janeiro. O atleta aceitou o convite da Secretaria Especial do Esporte, do Ministério da Cidadania, e é o décimo nome confirmado como embaixador dos Jogos Escolares Brasileiros (JEB’s). A competição, que será retomada depois de um hiato de 17 anos, reunirá mais de 7 mil atletas com idades entre 12 e 14 anos.

“Meu intuito é sempre de ajudar. Principalmente porque no ambiente dos JEB’s a perspectiva não é só de formar grandes atletas, mas sim grandes cidadãos”, afirmou o bicampeão do UFC, José Aldo 

“É uma honra fazer parte desse grupo seleto de atletas renomados, ainda mais em torno dos nossos JEB’s, esse grande evento escolar que vai voltar. Cheguei a participar dos JEB’s quando era criança. Fazia parte do time de futebol do meu colégio”, recorda José Aldo, que costumava atuar como meia-atacante nos times que defendia.

O grupo seleto a que ele faz referência é repleto de campeões olímpicos e de referências nacionais. Os outros nove já confirmados são Daniel Dias (multicampeão da natação paralímpica), Arthur Zanetti (campeão olímpico na ginástica artística), Maurren Maggi (única brasileira campeã olímpica no atletismo), Jackie Silva (campeã olímpica no vôlei de praia), Serginho e Giba (ambos campeões olímpicos no vôlei), André Domingos (medalhista olímpico no atletismo), Mayra Aguiar (bicampeã mundial no judô e duas vezes medalhista olímpica) e Flávia Saraiva (destaque da seleção brasileira na ginástica artística).

Para José Aldo, a chance de atuar como espelho para representantes da nova geração pode servir como motivação a mais para os jovens esportistas. “Embora o MMA não faça parte do programa, tem o wrestling e o judô nesse ambiente das lutas, e tenho o maior prazer e envolvimento com as outras modalidades”, ressaltou. “Meu intuito é sempre de ajudar. Principalmente porque no ambiente dos JEB’s a perspectiva não é só de formar grandes atletas, mas sim grandes cidadãos.”

Com informações do Ministério da Cidadania


Leia mais

Leia também