JANEIRO É MÊS DE PRAIA, ÁGUA DE COCO E PICOLÉ

Compartilhe

JANEIRO É MÊS DE PRAIA, ÁGUA DE COCO E PICOLÉ

Quando chega o mês de janeiro muitas pessoas vão para o litoral a procura do mar. É o merecido descanso depois de um ano de trabalho ou estudo. As praias mais frequentadas pelos moradores da nossa região noroeste são as de Guriri e Conceição da Barra. Nos últimos anos tenho andado mais um pouquinho para me banhar no oceano atlântico. Gostei de Nova Viçosa, de Cumuruxatiba e de Porto Seguro.

Nos meus primeiros anos de casado eu gostava mesmo é de alugar uma casa e chamar um monte de amigos para ir juntos. É claro que era para dividir as despesas. Certa vez alugamos uma casa do Bifão, de Mantena, em Conceição da Barra e para lá seguiram, s.m.j., as seguintes pessoas: Elinalton Meireles e Nubia; José Pacheco e Almerinda; Elinaton Oliveira e Soninha; Kullim e Geny; Da Mata; Adenilson; Dalvani e eu. As mulheres faziam a comida
e os homens lavavam as louças. Todos iam para praia e nem todos gostavam d’água. As mulheres ficavam se bronzeando e os homens jogando futebol.

Um dia Naltim e eu fomos ao Rio Iraúna, de onde arrancamos muitos peixes. Também visitamos as dunas de Itaúna e a cruz da Igreja Católica da antiga vila, que desapareceu sob as areias trazidas pelo vento.

A água de coco é muito cara na beirada do mar. Os cocos de meu sitio eu vendo a quinze centavos. Em Balneário Camboriú eu paguei quatro reais por coco. Dei dez reais para pagar três cocos e a mulher ficou olhando para minha cara e eu olhando para a cara dela. Faltam dois reais, disse a dona do quiosque.

Em razão da carestia do coco o Naltim levou um saco cheio deles. Encheu a metade do porta mala do meu corcel II 81, mas foi tudo bem. O problema é que Naltim não poderia oferecer coco a todos nós, caso contrario acabaria na primeira distribuição. O Adenilson, meu cunhado, que até hoje não vale nada, e o meu primo Kullim deram um jeito de tomar água de coco alheia sem ser pegos. Fizeram cautelosamente pequenos orifícios nos cocos e sugavam a água com um canudinho. Depois enchiam o recipiente natural com água da torneira. Eu não seu sei se eles já confessaram estes furtos.

No ultimo dia alguém perdeu a chave do carro e foi um problemão. Em outros anos passamos férias em casas cedidas pelo Sr. Atílio Venturim e Sr. Nildes Nunes de Morais, estas em Guriri Beach. Que venha janeiro. Com certeza comeremos milho cozido, tapioca, empadinhas, churrasquinhos e outras coisas diet e light. Picolé e água de coco não podem faltar. Eu acho que vou levar os cocos do meu sítio. É muito mais barato. Se eu encontrar com alguém de Mantenópolis em Guriri não será mera coincidência.

Texto: Creumir Guerra
Creumir Guerra é Promotor de Justiça no Estado do Espírito Santo

Veja mais sobre Creumir Guerra

Leia também

Obra da Transnordestina poderá ser retomada com recursos do Fundo de Investimento do Nordeste (Finor)

Com a recente decisão do Tribunal de Contas da União (TCU), que autorizou a utilização de financiamento por...

Maiores mineradoras investem em aumento de capacidade e melhoria da produtividade

As 200 Maiores Empresas de Mineração responderam por quase 92% do valor total da Produção Mineral Brasileira em...

Escolas municipais comemoram Dia do Estudante com gincana e outros eventos

As escolas municipais Vicente Amaro da Silva e José Francisco da Fonseca celebraram na semana passada o Dia...

Diretor de futebol Lucian Barros segue no Nova Venécia em 2023

  O diretor de futebol, Lucian Barros, vai continuar no Nova Venécia para a temporada 2023. Apesar de algumas propostas,...

Juarez Oliosi exalta instalação de quebra-molas em Nova Venécia

  O vereador Juarez Oliosi (PSB) exaltou e parabenizou pela instalação de quebra-molas, no bairro Santa Luzia, em Nova...

Filtro da Cappitella movimenta Instagram com fotos e slogans

  Mais uma atração nas redes sociais, é o filtro da Cappitella, com os slogans: “Eu Vou” / “Eu Fui”. A...

Lote 6: fotos do show de Michel Teló no 1º Leilão Solidário de Barra de São Francisco

Aconteceu neste sábado, 6 de agosto de 2022, o 1º Leilão Soldiário de Barra de São Francisco. O...

Lutador de Muaythai de Barra de São Francisco vence campeonato em primeiro lugar em Colatina

A equipe de Muaythai Tigres de Valhalla, esteve muito bem representada pelo estreante Gideão Pereira da Silva, na...