Águia Branca: Jailson Quiuqui volta a prefeitura 20 anos após primeiro mandato

Jailson Quiuqui é o novo prefeito de Águia Branca. Eleteve 3.292 (48,27%), contra 2.698 (39,56%) de Carlim Kubit e 830 (12,17%) de Paulo Galdino.

Ele volta a administrar o município 20 anos depois do seu primeiro mandato.

Jailson Quiuqui foi eleito em 2000 prefeito de Águia Branca. Na época, ele foi o mais jovem prefeito a ser eleito no Espírito Santo, com 27 anos de idade.

Nesses 20 anos que se passaram, Jailson não deixou de estar ao lado da população.

Em 2012 elegeu sua mãe, Tia Ana, prefeita da cidade, vencendo o prefeito da época, Ângelo Corteletti (Brizola).

Com uma administração transparente, Tia Ana conseguiu levar para os mais humildes de Águia Branca a esperança de dias melhores.

Em março de 2018, ela faleceu, em um dia triste para Águia Branca. Uma mulher simples, honesta e guerreira, que será lembrada por todos na cidade. Um dos seus sonhos era ver o filho novamente administrando o município.

Este ano, depois de várias tentativas dos adversários para tirá-lo da disputa, Jailson confirmou sua candidatura e se colocou como opção para a população aguiabranquense, trilhando no caminho de realizar o sonho de sua mãe.

Político mais popular entre os eleitores, ele chegou na reta final com a proposta de consertar os erros da última administração, principalmente devolvendo aos mais humildes o tratamento de maneira respeitosa e com igualdade.

Duelando contra os mais ricos da cidade, Jailson se manteve firme, sempre acreditando que a população mostraria nas urnas que estão cansados de ser tratados com tanto desprezo.

E o esperado aconteceu. A vitória esmagadora de Jailson em Águia Branca escancara a rejeição do grupo adversário, que mesmo com muito poder econômico não conseguiu esconder a verdadeira face da prepotência e do despotismo.

 

Jailson Quiuqui com sua mãe, Tia Ana, e seu pai, Eugênio Quiuqui

Leia mais

Leia também