Israel registra variante indiana da Covid e vê ‘eficácia reduzida’ da vacina da Pfizer contra mutação


Israel registrou oito casos de uma variante do coronavírus identificada pela primeira vez na Índia e avaliou que o imunizante da Pfizer/BioNTech é apenas parcialmente eficaz contra a mutação, afirmaram autoridades de saúde israelenses nesta terça-feira (20).

“A impressão é que a vacina Pfizer tem eficácia contra ela, embora com eficácia reduzida”, disse o diretor-geral do ministério, Hezi Levy, à rádio pública de Kan.

De acordo com o Ministério da Saúde, autoridades médicas israelenses detectaram sete casos da variante indiana na semana passada, em pessoas que chegaram do exterior e foram testadas.

Com 9,3 milhões de habitantes, Israel tem a vacinação contra a Covid-19 mais avançada do mundo. O país vacinou totalmente cerca de 81% de seus cidadãos ou residentes com mais de 16 anos.

Inscreva-se no canal Cortes 247 e saiba mais:

Vacina Pfizer

Vacina Pfizer (Foto: Dado Ruvic/Reuters)

Leia mais

Leia também