Irã retornará aos compromissos nucleares se os EUA retirarem as sanções


O presidente do Irã, Hassan Rouhani disse nesta terça-feira (16)que o país persa voltará a cumprir os compromissos nucleares que assumiu com a comunidade internacional se os EUA retirarem as sanções.

Rohani reiterou essa posição durante encontro com o chanceler do Catar, Mohammed bin Abdulrahman Al Thani, que visita o país persa. De acordo com a emissora PressTV, o chefe de Estado destacou a necessidade de cancelar as medidas punitivas de Washington e que se respeite a Resolução 2231 do Conselho de Segurança da ONU, que protege o Plano Integral de Ação Conjunta (PIAC) ou acordo nuclear.

“Se os Estados Unidos removerem essas sanções ilegais e voltarem à lei, o Irã voltará a implementar todos os seus compromissos sob o PIAC”, acrescentou Rouhani, citado pelo site HispanTV.

O ex-presidente Donald Trump abandonou o acordo em maio de 2018 e empreendeu uma política que chamou de pressão máxima para dobrar Teerã e reescrever as disposições do tratado nuclear, destaca a Prensa Latina.

Presidente do Irã, Hassan Rohani

Presidente do Irã, Hassan Rohani (Foto: Reuters)

Leia mais

Leia também